Notificações Amigos pendentes

      Cifra Club News

      Quero Ser Músico: mitos e verdades sobre a faculdade de Música

      19 de maio de 2017 12:25 Por Damy Coelho

      Muita gente que acompanha as videoaulas aqui no Cifra Club quer ir além do aprendizado básico e seguir uma carreira na música. Mas ser músico não quer dizer só ter uma banda e viajar por aí fazendo turnês, né?

      A profissão músico é super versátil no mercado de trabalho, por isso mesmo muita gente pensa em fazer um curso superior voltado para essa carreira. Pensando nisso, te mostramos uma série especial com o tema Quero Ser Músico – a primeira parte aborda justamente  como é uma faculdade de música.

      Mas aí vem o fantasma: os mitos que muita gente cria a respeito desse curso superior.

      Chamamos nosso instrutor Leo Eymard, que é formado na área, para responder alguns mitos que envolvem o curso – e o vestibular de música. E não é tão cabuloso quanto parece, viu?!

      Para entrar na faculdade de música, precisa ser músico profissional?

      Leo: Não precisa ser músico profissional para entrar na faculdade de música. Qualquer pessoa pode fazer a prova do vestibular para concorrer a uma vaga.

      Precisa saber tocar todos os instrumentos?

      Leo: Não precisa. O candidato pode até não tocar nenhum instrumento, uma vez que ele pode optar por cursar Bacharelado em Canto – no caso, ele precisa saber cantar. Para os demais cursos de Bacharelado em Instrumento, basta que o candidato saiba tocar apenas um instrumento.

      Precisa saber ler partitura?

      Leo: Sim. A leitura de partitura é um pré-requisito fundamental para o ingresso na faculdade.

      É preciso saber teoria musical?

      Leo: Não só teoria. O aluno precisa ter tido uma vivência musical considerável. As provas exigem um conhecimento prévio de música em assuntos como: leitura e execução de partituras à primeira vista; percepção musical; ditado; solfejo; apreciação musical, repertório e boa fluência no instrumento (esse último quando o curso escolhido for o de Bacharelado).

      Portanto, a preparação para tentar uma vaga na faculdade de música deve ser feita com o direcionamento de um professor, de preferência que conheça a prova e principalmente que seja capaz de identificar as habilidades do aluno, para trabalhar e desenvolver justamente os pontos mais fracos de cada um.

      Passei, e agora? Quais matérias vou ver na faculdade?

      Leo: Como é um curso que varia entre muitas formações, o currículo costuma ser bem flexível, variando entre cada habilitação. E você não vai ficar lá só tocando o seu instrumento favorito, né? As matérias se aprofundam na teoria e percepção musical, além de darem uma noção básica de alguns instrumentos de corda e sopro, por exemplo. Outra coisa que todo mundo vê é a técnica vocal e noções de regência, por exemplo. No final, você precisa fazer um trabalho de conclusão de curso baseado no que você aprendeu. É um curso bem versátil!

      PROVAS

      Cada faculdade de música tem um processo seletivo distinto. Há faculdades particulares que têm um processo seletivo mais simplificado, com apenas uma etapa (geralmente teórica).

      Já as faculdades públicas como UNICAMP, UNESP e UFMG cobram duas etapas – sendo a segunda específica de Teoria e Percepção Musical.

      No caso da UFMG, que é uma das melhores faculdades de música do país segundo o MEC, você precisa antes escolher sua habilitação: bacharelado ou licenciatura.

      A primeira etapa de seleção é o ENEM, como em muitos cursos. A segunda etapa aborda teorias de percepção musical, e é obrigatória para as duas habilitações. Trata-se de uma prova de escuta, em que o candidato precisa identificar instrumentos, acordes, a estrutura da música e outros aspectos básicos de percepção.

      Quem quer fazer bacharelado, pode escolher ainda entre outras ramificações – mas, no caso da UFMG, é preciso fazer uma terceira etapa, com uma prova prática, como disse o Leo. E é nessa prova que você precisa mostrar o seu talento em algum instrumento!

      As habilidades do bacharelado são canto, composição, música popular, instrumento de sopro, corda ou percussão, regência e musicoterapeuta.

      Acha que alguma dessas habilitações é perfeita pra você? Então fique de olho na sequência do nosso Especial Quero Ser Músico! Você vai ficar por dentro de cada área de atuação no mercado de trabalho e saber muito mais sobre a vida de músico! ;)

      SAIBA MAIS SOBRE ALGUMAS FACULDADES DE MÚSICA AO REDOR DO PAÍS

      UFMG – Federal de Minas Gerais - http://www.musica.ufmg.br/

      UNESP – Estadual Paulista – http://www.ia.unesp.br/#!/departamentos/musica/

      ESCOLA DE BELAS ARTES DO PARANÁ – http://www.embap.pr.gov.br/

      EST – http://www.est.edu.br/tecnico/musica

      UNIMEP – http://unimep.edu.br/musica

      UFSJ – Federal São João Del Rey  http://www.ufsj.edu.br/copeve/musica.php

      UFRGS – http://www.ufrgs.br/ufrgs/ensino/graduacao/cursos/exibeCurso?cod_curso=338

      UEMG – Estadual de Minas Gerais – http://www.uemg.br/unidade_musica.php

      Anhanguera - http://anhanguera.com/graduacao/cursos/musica-licenciatura.php

      FIAM – http://portal.fiamfaam.br/curso/13/0/musica.aspx