Notificações Amigos pendentes

      Cifra Club News

      Vem ver músicos brasileiros que fazem covers de arrepiar!

      31 de maio de 2017 9:00 Por Gustavo Morais

      Como consideramos justa toda forma de fazer arte, não fazemos parte do time dos que detonam quem faz cover ou versões. Muito pelo contrário: respeitamos demais a galera que tem a manha de tocar canções alheias sem estragá-las! Sendo assim, listamos aqui 5 artistas brasileiros que são, relativamente, desconhecidos do grande público, mas que são talentosos e têm nosso respeito.

      1. Talento não tem idade

      O gaúcho Arthur Pares é um verdadeiro prodígio! Com 15 anos de idade, o jovem toca violão, guitarra, piano, e ainda canta! Fica tudo mais foda ainda quando o cara resolve tocar Neon, uma das músicas mais complexas de John Mayer!

      2. Voz + violão = combinação perfeita

      Quem também faz uns covers de arrepiar é o paulistano Marcus Oliveira. Dono de um timbre de voz diferenciado, além de ser fera no violão, Marcus tem a manha de fazer ótimos covers para canções de pop rock em geral. Esse cara não toca mais em banda e nem na noite! A volta dele aos palcos é uma ótima pedida!

      3. Arte que não se limita!

      A carioca Amanda Coronha tem um trabalho autoral, mas já nem por isso deixa de cantar músicas que bombam nas paradas. Do alto de seus 22 anos de idade, Amanda se destaca por ser uma cantora versátil, isto é, ela canta reggae, pop, rock, sertanejo, funk e tudo mais que o coração dela mandar!

      4. Muito amor envolvido na vida e na música!

      O talentoso duo Villan é formado pelo casal de namorados Guilherme Laureth e Júlia Boone. Naturais do Espírito Santo e juntos desde 2015, os pombinhos fazem um som que é sinônimo de talento e bom gosto! Para a turma que aprecia material autoral, eles garantem que em breve pretendem lançar músicas próprias.

      5. O japinha fodão no fingerstyle

      Formado em violão erudito, o músico paulista Jony Ken é um dos pioneiros do ‘estilo fingerstyle’ no Brasil. Com toda propriedade do mundo, Ken tem a manha de fazer a conexão entre a elegância do fingerstyle e o doce sabor das melhores canções de todos os tempos.

      Muita gente boa ficou de fora, e nós pedimos desculpas por isso. Mas se você deixar sugestões nos comentários, nós certamente faremos outras matérias iguais a essa!