Notificações Amigos pendentes

      Cifra Club News

      Nova geração de bandas escandinavas revive bons tempos do hair metal

      27 de março de 2018 9:40 Por Gustavo Morais

      Você lembra ou já ouviu falar da época em que as bandas de rock eram extravagantes em todos os aspectos? Era a geração que misturava solos de guitarra com cabelo, laquê e delineador! Ah… Os inesquecíveis anos 80, a era do hair metal!

      Com direito a “Mullet Elizabetano”, o visual dos caras do Cinderella é símbolo do hair metal (Foto: Internet)

      Influenciada por bandas de glam e hard rock dos 70, aquela turma redefiniu os conceitos acerca da figura do rock star. O ideal era ser milionário, ter o máximo de relacionamentos que conseguisse, vender milhões de discos e lotar estádios ao redor do mundo. E os clipes? Apesar de parecerem “bregas” aos olhos dos mais puritanos, as produções eram faraônicas e promoviam verdadeiras odes ao hedonismo, ao luxo e à pegação. Na dúvida, você pode chamar isso tudo de “rock ostentação”.

      Três décadas atrás, essa leva de bandas que surgiu com mais força nos Estados Unidos, sobretudo em Los Angeles, colocou na galeria dos imortais do rock alguns nomes que dispensam qualquer apresentação. Só pra citar algumas bandas, nós vamos mencionar Mötley Crüe, Poison, Bon Jovi, Skid Row, Guns, Ratt e Cinderella. A lista não tem fim! Já nos 90, a “farofa” ["Quem mexeu na minha farofa?" - para lembrarmos dos bons tempos do Orkut ;) ] perdeu a força. Apesar dos bons momentos de algumas bandas, o hair metal passou um bom tempo tentando renascer.

      Ao longo da década atual, as tendências do hair metal cruzaram o Atlântico e encontraram um porto seguro na Escandinávia. Por mais que não ecoe muito do lado de cá da Linha do Equador, uma contemporânea safra de bandas vindas da terra dos vikings e mantém vivo o propósito da turma que um dia saiu da Sunset Boulevard para conquistar o mundo. Por isso, listamos aqui 5 bandas para que você conheça o novo hair metal!

      Spoiler 1: ícones do hair metal dos anos 80, as bandas Europe (Suécia) e Hanoi Rocks (Finlândia) devem estar 100% orgulhosas do som de seus conterrâneos!

      Spoiler 2: por serem bem conhecidas no Brasil, as bandas  Crucified Barbara e CRASHDÏET não são citadas na matéria!

      Prepare o laquê e aumente o som!

      1. Bulletrain

      Diretamente de Helsinborg, cidade portuária da Suécia, a Bulletrain faz um som visceral, vigoroso e pauleira! Guardadas as devidas proporções, a pegada da banda lembra os melhores momentos dos discos “Shout At The Devil”, (Mötley) “Appetite For Destruction” (Guns) e “Slave To The Grind” (Skid Row).

      Formada por Sebbe (vocal), Matt (guitarra solo), Robin (guitarra base), Jonas (bateria) e Niklas (baixo), a banda já lançou os discos “Start Talking” (2014) e “What You Fear The Most” (2016).

      2. Santa Cruz

      Surgida em 2007, na Finlândia, a Santa Cruz parece ter saído de alguma esquina de Los Angeles! Formada por Archie (voz/guitarra),
      Johnny (guitarra/voz), Middy (baixo) e Taz (bateria), a banda faz um som 100% indicado para quem “quer rock and roll à noite toda e festa todos os dias”.

      3. Thundermother

      Lugar de mulher é onde ela quiser, inclusive tocando em bandas de rock! Formada por Guernica Mancini (vocal), Filippa Nässil (guitarra), Emlee Johansson (bateria) e Sara Pettersson (baixo), a Thundermother é natural de Estocolmo, Suécia, e está na estrada desde 2009. Com pegada mais próxima do rock clássico e do sleazy, o quarteto faz um som seguindo referências que vão do AC/DC ao The Cult.

      4. Junkyard Drive

      Surgida na Dinamarca, em 2015, a Junkyard Drive chegou para “meter o pé na porta”. Formada por Kris (vocal), Birk (guitarra solo/vocal), Benjamin (guitarra base/vocal), Claus (bateria) e Tim Meldal (baixo), a banda parece ser tão encrenqueira quanto os caras que eram os reis da Sunset Boulevard. As músicas são desafiadoras e apresentam punch do início ao fim!

      5. Crazy Lixx

      Formada por Danny Rexon (vocal), Joél Cirera (bateria), Jens Sjöholm (baixo), Chrisse Olsson (guitarra) e Jens Lundgren (guitarra), a Crazy Lixx surgiu na cidade de Malmö, na Suécia, em 2002. Apostando em refrões marcantes, guitarras vigorosas e clipes hedonistas, o quinteto realmente sabe como honrar as tradições do hair metal. Em alguns momentos, nem parece que a banda nasceu com duas décadas de atraso!