Notificações Amigos pendentes

      Cifra Club News

      Justin Timberlake posta selfie na urna de votação e pode ser detido

      26 de outubro de 2016 8:35 Por Damy Coelho

      Por sorte, cantor não divulgou em quem estava votando - senão, o caso teria sido pior (Foto: Reprodução/Instagram)

      Aí não, Justin Timberlake! O cantor votou antecipadamente nas eleições para presidente dos EUA nesta semana, cumprindo o papel de bom cidadão cívico. Por isso, Justin resolveu tirar uma selfie na urna, para incentivar o público a votar no dia 8 de novembro – que é o dia oficial das eleições.

      “Sem desculpas, minhas boas pessoas. Pode haver votação antecipada em sua cidade também. Se não, dia 8 de novembro. Escolha ter uma voz”, escreveu na legenda de sua foto, tirada em um colégio eleitoral do Tenessee.

      Apesar das boas intenções, Justin cometeu um crime eleitoral. Assim como nas leis brasileiras, o voto nos EUA é secreto – tirar fotos no momento da votação pode render 30 dias de prisão ao astro. Justin já deletou a foto da rede social, por via das dúvidas. Em defesa do cantor, tirar fotos na urna é um crime recente, registrado nos EUA apenas no ano passado. Mas é melhor ficar atento da próxima vez, né, Justin?

      Por sorte, um porta-voz do secretário de Estado do Tennessee levou a situação na brincadeira ao ser procurado pela imprensa. Ele disse que “as autoridades estão muito felizes” e que Justin “não pode deixar de lado esse sentimento” – uma referência ao hit “Can’t stop the feeling”, do cantor. Porém, não sem antes alertar a todos (inclusive a Justin) que celulares só podem ser utilizados perto nas urnas para ajudar os eleitores a votar.

      Brazilian version

      Assim como Justin, alguns brasileiros já entraram numa tremenda saia justa ao publicar suas fotos na urna de votação. Desde 2014, quando as selfies já eram febre, a internet não perdoa e cria meme dos mais desatentos, que ainda postam fotos na urna. Será que esse ano mais alguém cai nessa? Façam suas apostas!