Notificações Amigos pendentes

      Cifra Club News

      Viúva de Chester Bennington desabafa sobre a morte do marido

      29 de julho de 2017 10:57 Por Damy Coelho

      chester bennington talida esposa viúva

      Após uma semana da morte de Chester Bennington, sua esposa, Talinda, fez um desabafo emocionante no Twitter. Em uma série de publicações, ela falou sobre a perda do marido e agradece aos fãs por todo o carinho depositado desde a confirmação da triste notícia.

      “Há uma semana perdi minha alma gêmea e meus filhos perderam seu herói – seu pai”, começa o texto de Talinda. “Tivemos uma vida de conto de fadas e agora ela se transformou em uma tragédia de Shakespeare. Como faço para seguir em frente? Como faço para recolher minha alma despedaçada?”.

      Talinda, então, manda uma mensagem de carinho aos fãs de Chester e do Linkin Park.

      “Quero que os fãs no mundo todo saibam que nós sentimos seu amor. Sentimos sua falta também. Meus filhos são tão jovens para perder o pai. E eu sei que vocês vão ajudar a manter a memória dele viva”.

      Talinda ainda tocou no ponto delicado da morte do marido – suicídio. Ela afirmou que Chester está “livre de sua dor”.

      “Ele era uma alma brilhante e amorosa com uma voz de anjo. E agora ele está livre da dor, cantando suas músicas em nossos corações.”

      Ela finaliza com uma mensagem aos fãs:

      “Que Deus abençoe todos nós e ajude-nos a recorrer uns aos outros quando sentirmos dor. Chester queria que fizéssemos isso. Descanse em paz, meu amor”.

      O corpo de Chester Bennington foi encontrado em sua casa no último dia 20. A causa da morte foi confirmada como suicídio por enforcamento. Mais uma triste perda para a música e uma coincidência terrível, apenas dois meses após a morte de outro ídolo, Chris Cornell, que também cometeu suicídio por enforcamento.

      Desde então, fãs do Linkin Park do mundo inteiro vêm prestando homenagens ao músico.

      LEIA MAIS

      + Chester Bennington desabafou sobre o vício e suas angústias ao falar de suas novas músicas, um mês antes de sua morte