Notificações Amigos pendentes

      Cifra Club News

      Rock in Rio: empresário queria Metallica e fala sobre Guns N’ Roses

      12 de setembro de 2017 12:41 Por Gustavo Morais

      Rock In Rio 2018 não terá noite do metal (Foto: Internet)

      Idealizador do festival Rock in Rio, o empresário Roberto Medina deu uma entrevista esclarecedora sobre a escalação da próxima edição do evento. Em conversa com o jornal Estadão, Medina comentou sobre ausências, repetições e Guns N’ Roses.

      A respeito da falta de uma noite dedicada ao heavy metal, o empresário comenta que foi decisão tomada em conjunto com a equipe. “Eu queria o Metallica mais uma vez, mas minha própria equipe falou: ‘De novo?’. Agora, o pessoal reclama que não tem metal. Não tem porque só poderiam ser Metallica, AC/DC ou Iron Maiden“, afirmou.

      Sobre a volta do Guns ao evento, muita gente pode acreditar que foi para aumentar o faturamento. Porém, Medina entende que rolou mais para agradar aos fãs da icônica banda de hard rock.

      Guns é uma coisa meio maluca de ficar insistindo, tem uma relação mágica com o Rock In Rio. E esse ano tem uma excentricidade: The Who e Guns, dois headliners num dia só, o que é praticamente impossível em qualquer outro lugar. Não se ganha dinheiro com isso

      O Rock in Rio é um dos mais prestigiados eventos culturais do mundo. Porém, desde que passou a ser realizado a cada dois anos, a partir de 2011, o festival peca um por repetir várias atrações. O citado Metallica, por exemplo, tocou nas três últimas edições. Não seria o momento para renovar um pouco as estrelas que sobem ao Palco Mundo? Vale a reflexão…