Notificações Amigos pendentes

      Cifra Club News

      Lil Peep: polícia investiga mensagens que dão detalhes de sua morte

      29 de novembro de 2017 11:09 Por Damy Coelho

      LiL PEEP (Divulgação)

      Já foi comprovado pela perícia que o rapper LiL PEEP faleceu de overdose, com apenas 21 anos. Porém, a Polícia dos Estados Unidos investiga um outro viés para a morte do cantor, baseado em mensagens de celular enviadas por uma garota. Ela foi ao ônibus de turnê com uma amiga para ver o rapper, pouco antes de sua morte. Segundo o TMZ, a polícia vai investigar se ela ofereceu drogas ao músico.

      Pouco antes da morte de Peep, a garota enviou em um grupo: “GBC [Lil Peep] chapado pra c****** por causa de mim e da minha amiga lol”. Mais tarde, ela mandou: “Ele desmaiou, meu irmão ligou e eu tentei fazê-lo acordar para dizer oi ao meu irmão, mas ele não acordava”.

      Mensagens enviadas pela garota em uma rede social (Foto: TMZ)

      Lil Peep, que falava abertamente sobre o uso de drogas e sobre depressão em suas letras, morreu em seu ônibus de turnê, pouco antes de um show no Arizona. Segundo o TMZ, ele desmaiou por volta das 18h. Sua agente teria ido verificar o ônibus e viu que Pimp estava “dormindo, mas respirando normalmente”. Incapaz de acordá-lo, ela decidiu deixá-lo dormir mais tempo. Mais tarde, um outro agente verificou que o cantor já não respirava mais.

      A polícia concluiu que o rapper ingeriu um “coquetel nocivo” de drogas, incluindo o fentanil – medicamento três vezes mais potente que a morfina, que também foi responsável pela morte de Prince.

      Peep foi considerado o “futuro do emo”, ao ar uma batida trap às rimas típicas do estilo. Sua morte precoce causou comoção no mundo da música – o também rapper e amigo, Post Malone, fez uma tatuagem com o rosto do cantor.

      Após sua morte, Lil Peep chegou pela primeira vez ao principal ranking da Billboard, com o EP Come over when you’re sober (part I), lançado em agosto.

      LEIA MAIS

      + Conheça o trabalho do Lil Peep