Notificações Amigos pendentes

      Cifra Club News

      Nick Carter, do Backstreet Boys, é denunciado por estupro nos EUA

      9 de fevereiro de 2018 10:55 Por Gustavo Morais

      Integrante da boy band Backstreet Boys, o cantor Nick Carter pode ter que encarar a Justiça americana. Nesta semana, Carter foi oficialmente denunciado por estupro. A autora da queixa é a cantora Melissa Schuman, ex-integrante do grupo pop Dream.

        Melissa Schuman e Nick Carter (Reprodução/ET Online)

      Em novembro do ano passado, por meio de um texto publicado em seu blog pessoal, Schuman revelou ter sido violentada pelo artista em 2003, quando tinha 18 anos  – ele contava 22. Como não poderia ser diferente, a publicação repercutiu mundialmente. Na época, via comunicado oficial, Carter negou o acusação e afirmou que a relação foi consensual.

      Melissa Schuman registou a queixa no Departamento de Polícia de Santa Mônica, na Califórnia, segundo o site NME. “Fazer essa denúncia foi a coisa mais poderosa que eu já fiz por mim mesmo”, disse ela Entertainment Tonight.

      Entenda o caso

      A cantora fez um longo post em seu blog, no dia 2 de novembro de 2017. Ao longo da publicação, ela descreveu em detalhes o suposto crime cometido por Carter.

      Vou compartilhar algo que quis fingir que nunca aconteceu desde que tinha 18 anos. Um fardo que pensei que teria que levar durante o resto da minha vida e sofrer em silêncio

      No relato, Melissa afirma que Nick a chamou para jantar na época – os dois estavam gravando o filme The Hollow. Com apenas 18 anos, ela achou o cantor “amável” e “carismático”, e aceitou o convite, levando uma amiga.

      Num dado momento, ela e Nick trocaram beijos, e Melissa o interrompeu. “Ele estava ciente que eu era virgem e seguia os valores religiosos cristãos. Eu falava sobre isso. Todo mundo sabia disso, incluindo meus representantes”, conta.

      Mesmo contra a vontade dela, ele teria forçado a prática do sexo oral.  Irritado com as negativas, segundo Melissa, Nick a levou para a cama e cometeu o estupro. Diante de um homem maior e mais forte, ficou imobilizada. “No quarto, ele me jogou na cama e subiu em cima de mim. De novo, eu disse para ele que era virgem e não queria fazer sexo, só depois do casamento. Eu disse isso de novo e de novo, mas não adiantou”, revela.

      Ele não aceitou um não. Então, ele ficou sussurrando no meu ouvido: Eu poderia ser seu marido

      Segundo a cantora, as tentativas de denúncias sobre o suposto estupro foram abafadas. Melissa relatou que disse tudo ao empresário do Dream, que a aconselhou a não denunciar o cantor. “Ele me disse que Nick tinha o melhor advogado do país, e que a denúncia ia manchar minha carreira”.

      Usando seu direito de resposta, Nick negou a acusação. Em seu comunicado, ele se disse “chocado e triste”. Segundo ele, a relação sexual entre eles aconteceu de forma consensual. “É contrário à minha natureza e a tudo que eu prezo intencionalmente causar desconforto ou dor para alguém”, completou.