Notificações Amigos pendentes

      Cifra Club News

      Gusttavo Lima é indiciado pela Polícia Civil de Goiás

      28 de fevereiro de 2018 16:36 Por Damy Coelho


      Gusttavo Lima: semana difícil para o sertanejo (Reprodução/Instagram)

      É muita polêmica para um só Gusttavo Lima: após ser criticado por aparecer atirando com um fuzil e declarar apoio a Bolsonaro, o cantor está na mira da Polícia Civil de Goiás. Segundo denúncia, Gusttavo Lima é indiciado por crime ambiental.

      A irregularidade, segundo o G1, teria acontecido em uma das propriedades do cantor, em Bela Vista de Goiás. O cantor teria aumentado o volume de uma represa que possui no local, mas sem autorização da polícia ambiental. Além dele, mais três pessoas foram indiciadas.

      Segundo o delegado Luziano de Carvalho, titular da Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Contra o Meio Ambiente (Dema),  a represa possui três hectares e o objetivo era chegar a quatro hectares. Mas, para isso, é preciso obter uma licença concedida pela Secretaria de Meio Ambiente, Recursos Hídricos, Infraestrutura, Cidades e Assuntos Metropolitanos (Secima).

      De férias nos Estados Unidos, Gusttavo Lima ainda não se pronunciou pessoalmente sobre o assunto. Em nota publicada no site da Rede TV, a assessoria do cantor questiona a denúncia. “O advogado de Gusttavo Lima não teve informação sobre conclusão do inquérito, mesmo porque não foi feita uma perícia técnica que pudesse comprovar as irregularidades mencionadas”, diz o texto. Enquanto isso, sua música de trabalho, Apelido Carinhoso, segue como uma das músicas mais tocadas no país neste início de 2018.