Notificações Amigos pendentes

      Cifra Club News

      Bandas da Venezuela se unem para lançar “Rock Contra Ditadura”

      13 de abril de 2018 10:37 Por Gustavo Morais

      Ministério da Suprema Infelicidade é uma das bandas que lideram o protesto (Foto/Internet)

      Aproveitando que os olhos do mundo estarão na Cúpula das Américas em Lima, que começa nesta sexta-feira (13), um grupo de bandas de rock da Venezuela pretende fortalecer a divulgação de canções contra o governo do presidente Nicolás Maduro. O protesto pacífico vai rolar, durante o evento, por meio da distribuição de um CD chamado “Rock Contra a Ditadura”.

      Contando com de 16 faixas, o disco vai das canções pop grudentas a hinos punk raivosos. Em comum, as músicas possuem letras que denunciam a corrupção, a fome e os abusos de direitos humanos pelas mãos do governista Partido Socialista Unido da Venezuela (PSUV).

      Um dos pontos altos do CD é a música “Nazional”, da banda Ministério da Suprema Infelicidade. A letra é um protesto contra a Guarda Nacional, que foi bastante criticada por “uso de força excessiva” na repressão dos protestos antigoverno de 2017. Muitas vezes violentas, as manifestações ocorridas durante quatro meses do ano passado deixaram um saldo 125 mortos.

      A iniciativa é conduzida pelo grupo de direitos humanos Provea, que diz que o rock tem mais chances de tocar os jovens do que os relatórios de direitos humanos, normalmente carregados de estatísticas e linguagem legal de difícil compreensão.

      P.S.:

      Escolher o nome “Ministério da Suprema Infelicidade” para uma banda foi um gesto deveras contestador, sobretudo por ser cometido em um país restringe a liberdade de expressão. O nome é um claro deboche do muito zombado “Vice-Ministério da Suprema Felicidade”, uma das peripécias que Maduro criou em 2013, justamente a época em que a economia do país começava sua triste caminhada rumo ao precipício.