Notificações Amigos pendentes

      Cifra Club News

      Eminem é destaque na primeira premiação musical do YouTube

      4 de novembro de 2013 10:01 Por Gustavo Morais

      O site YouTube promoveu, no último domingo (3), a primeira edição do prêmio YouTube Music Awards. Com exibição ao vivo  pelo portal a partir do Pier 36 de Nova Iorque, a festa contou com a direção de Spike Jonze, diretor de filmes como “Quem quer ser John Malkovich?” (1999) e “Onde vivem os monstros” (2009). A apresentação ficou a cargo do ator Jason Schwartzman e do comediante Reggie Watts.

      A premiação teve seis categorias: Vídeo do Ano, Artista do Ano, Melhor Resposta de um Fã, Fenômeno YouTube, Artista Revelação e Inovação do Ano. Os indicados foram selecionados de acordo com os vídeos mais assistidos, mais compartilhados e que receberam mais avaliações positivas no último ano, segundo o YouTube. O principal prêmio da noite ficou nas mãos do rapper Eminem, que faturou a categoria de Melhor Artista. Outro destaque foi para o grupo sul-coreano Girls’ Generation, que driblou Miley Cyrus, PSY, Lady Gaga e Justin Bieber e abocanhou o prêmio de Melhor Vídeo, com a canção “I Got a Boy

      Confira quem saiu vencedor da premiação:

      • Melhor Artista: Eminem
      • Artista Revelação: Macklemore & Ryan Lewis
      • Melhor Vídeo: Girls’ Generation  -  “I Got a Boy”
      • Fenômeno do Ano: Taylor Swift – “I Knew You Were in Trouble”
      • Melhor Resposta de um Fã: Lindsay Stirling – “Radioactive”
      • Inovação do Ano: Destorm Power – o 169º usuário com mais assinaturas no YouTube e cujos vídeos no site foram assistidos mais de 200 milhões de vezes

      As apresentações musicais ficaram por conta da banda Arcade Fire, que mandou uma interpretação da música “Afterlife” em um “vídeo ao vivo”, com um coral de meninas; da pop star Lady Gaga, que ao piano tocou a melancólica “Dope“, single promocional do vindouro disco da artista, “ARTPOP”, que chega às lojas no dia 11 de novembro; e do voraz Eminem, e interpretou “Rap God“.

      O YouTube é a maior referência para a música, superando, por exemplo, a emissora MTV, que testemunhou o nascimento da indústria do videoclipe. Em agosto do ano passado, uma pesquisa da agência Nielsen indicou que 64% dos adolescentes americanos escutavam música pelo YouTube. Por sua vez, com 56% da preferência da juventude, o rádio amargou um segundo lugar.

      De forma indireta e paradoxal, as gravadoras também colhem frutos do sucesso de seus artistas no YouTube, apesar do site ter acesso gratuito. Segundo Vivien Lewit, diretora de colaborações musicais do portal, a indústria musical arrecadou US$ 500 milhões nos últimos anos com publicidade no YouTube.

      Nota da redação: os vídeos com as apresentações foram bloqueados pelo YouTube.