Notificações Amigos pendentes

      Cifra Club News

      Confira as primeiras bandas de Lemmy Kilmister antes do Motörhead

      31 de dezembro de 2015 9:28 Por Damy Coelho

      Lemmy (segundo à esquerda) com a Rockin Vickers

      O Motörhead foi, provavelmente, a principal banda da história heavy metal, apresentando o estilo até para os mais leigos no assunto. Não há quem não reconheça o som da banda, ou o marcante vocalista Lemmy Kilmister, que faleceu nesta semana. Mas você conhece a carreira do músico antes do sucesso do Motörhead?

      Antes de ser o lendário Lemmy, ele era reconhecido como Ian Willis e tocou em grupos com um som bem diferente do heavy metal proposto por sua banda icônica. A primeira delas foi a The Rockin’ Vickers, da cidade de Blackpool. A banda já existia, e Lemmy – ou melhor, Ian – entrou como guitarrista  em 1965 (ele ainda não assumia o baixo, instrumento que seguiu com ele até o final).

      Como Lemmy já assumiu em diversas entrevistas, assistir a um show dos Beatles, em 1963, foi o estopim para ele seguir a carreira na música. Coincidência ou não, o som da sua primeira banda era bem inspirado nos primeiros hits dos Beatles e as composições, bem no nível “dor de cotovelo”, soam estranhas para quem está acostumado com o Lemmy heavy metal e rodeado de diversas mulheres – destaque para trechos como “Estou cansado de suas traições e mentiras/ Você me trouxe lágrimas e infelicidade”, da música “Stella”. Porém, os acordes pesados da guitarra de Lemmy já mostravam para o que ele veio. Confira abaixo:

      O Rockin’ Vickers chegou a fazer algum sucesso, sendo agenciada pelo mesmo produtor do The Who, mas nada muito representativo no showbiz. Em 1967, Lemmy se mudou para Londres e deixou a banda. Lá ele conheceu Noel Redding, guitarrista da banda de ninguém menos que Jimi Hendrix. O novo amigo arrumou para ele um bico de roadie do lendário guitarrista e Ian se dedicou à atividade até montar uma outra banda, Sam Gopal. Lemmy/Ian Willis entrou para o grupo assumindo as guitarras e vocais e o som já era totalmente diferente de sua primeira banda, indo na onda do psicodélico. O mais interessante é que”Lemmy” tinha uma participação maior no Sam Gopal, ao contrário da banda anterior, inclusive colaborando nas composições. “Escalator” é um exemplo de música que ele cantou e compôs. Confira:

      Aqui dá para ver imagens de Lemmy tocando com a sua antiga banda:

      Em 1969, Lemmy deixou o Sam Gopal e entrou para a Hawkwind como baixista, banda que o levou ao reconhecimento. O músico manteve sua veia psicodélica, característica da banda anterior, mas é possível notar diferentes estilos nas canções do grupo, como elementos de hard rock, progressivo e inclusive o heavy metal. Confira:

      O músico foi expulso da banda em 69, depois de ser preso no Canadá por porte de anfetaminas – porém, reza a lenda que o motivo da expulsão foi por ele tocar “rápido demais”. Pouco depois, assumia definitivamente a alcunha de “Lemmy” e montava a sua Bastards, nome de uma canção que ele escreveu para o Hawkwind. Mais tarde, o Bastards mudou de nome e virou “Motörhead”. O resto é história.