Notificações Amigos pendentes

      Cifra Club News

      Músicos recordistas de vendas que você não imaginava – ou nem conhecia

      7 de maio de 2016 12:34 Por Damy Coelho

      Os critérios para um artista se tornar fenômeno mundial são inúmeros – por eles, passam as estratégias de mercado, de marketing e claro, de vendas. Mas, mesmo quando um artista vende milhões de discos pela América do Norte, ainda é comum que ele não seja assim tão conhecido no Brasil.

      Listamos para você alguns músicos que você talvez não conheça – ou não imaginava que pudessem ter vendidos tantos discos. A escolha foi baseada na lista da RIAA, que enumera os álbuns mais vendidos e os artistas que mais vendem em uma listagem de 100 nomes.

      Vale saber mais um pouco da história deles.

      Selena

       

      Antes que você se pergunte, não estamos falando de Selena Gomez, uma das cantoras queridinhas do pop atual e ex-namorada de Justin Bieber. A Selena aqui é outra. A morena sensual de voz potente tem origem latina: de família mexicana, ela ganhou a América do Norte nos anos 90 mesmo cantando em espanhol – seu álbum “Entre A Mi Mundo” faturou nada menos que o primeiro lugar da Billboard em 1992. Selena também teve repertório em inglês de grande sucesso e foi considerada uma importante representante da música texana – local onde nasceu e foi criada.

      Selena vendeu mais de 60 milhões de álbuns em todo o mundo e detêm nada menos que a liderança e a vice-liderança na categoria Diamante da RIIA, nicho específico da música latina. O feito foi de seus dois álbuns de sucesso, “Dreaming Of You” e  ”Amor Prohibido”.

      Mas tanto sucesso consolidado ao longo de 13 álbuns foi interrompido de forma trágica: Selena foi assassinada com um tiro nas costas em um quarto de hotel por Yolanda Saldivã, uma fã que acabou virando amiga pessoal da cantora. Infelizmente, a voz de Selena se calou muito cedo: em 1995, no auge do sucesso, com apenas 23 anos de idade.

      Garth Brooks

       

      Talvez você nunca tenha ouvido falar de Garth Brooks, mas não se culpe – principalmente se você não está por dentro da música country feita nos Estados Unidos. O cantor é um expoente do nicho e um nome poderoso na América do Norte desde os anos 90. E é justamente lá que ele é rei: Garth já vendeu  135 milhões de cópias somente nos EUA e, na lista da RIAA, ele abocanha o segundo lugar dos músicos que mais venderam álbuns em todos os tempos, perdendo apenas para os Beatles. E mais: o nome dele aparece duas vezes na lista dos álbuns mais vendidos. Mérito de poucos!

      As músicas que misturam o country ao pop-rock e sua performance marcante no palco ajudaram a fazer de Garth um fenômeno.

      Seu grande sucesso – um entre vários hits – é a faixa “If Tomorrow Never Comes“. Ouça abaixo:

      Shania Twain

       

       

      Essa você conhece. Como não se lembrar de sucessos como “Man! I Feel Like A Woman” e “From This Moment On”?” O que talvez você não imaginava é que a cantora vendeu tanto a ponto de entrar no top 10 dos álbuns mais vendidos de todos os tempos, com Come On Over (1997). Para se ter uma ideia, Shania passou na frente de nomes como Bealtes (The Beatles), Guns N’ Roses (Apettite For Destruction), Whitney Houston (trilha de “O Guarda Costas”), Led Zeppelin (Phisycal Graffite) – e a lista segue…

      A grande representante feminina do country music só reforça que o estilo musical é mesmo muito mais poderoso e rentável do que a gente imagina, aqui no Brasil.

      Relembre o sucesso da cantora:

      Fleetwood Mac

       

      É uma banda importante na história do rock, mas você imaginava que ela vendesse tanto? Com raízes no blues, o Flatwood Mac ganhou destaque nos anos 60 por ser uma banda com vocal feminino (coisa rara na época) e por contar com nada menos que três guitarristas como integrantes oficiais. Os vocais de Stevie Nicks se complemetavam muito bem à harmonia das guitarras do grupo. O álbum mais vendido é “Rumors”, de 1977, atingindo nada menos que 20 vezes o número de discos de platina.

      Porém, poucos anos antes do estrondoso sucesso, a banda via a sua formação original ruir, perdendo dois integrantes para o chamado “misticismo” – um deles, o ótimo guitarrista Jeremy Spencer, largou a banda e sua carreira musical de forma bizarra, após ser interpelado na rua por um membro da seita Menino de Deus. Parecia o fim da banda, mas anos depois, com novos integrantes, o Flatwood Mac daria a volta por cima e celebraria o sucesso nunca antes conquistado.

      Barbra Streisand

       

      Ela é a mulher que mais vendeu discos na história da música. Foram 140 milhões de álbuns vendidos em todo o mundo com um feito recorde: quase todos os álbuns de sua carreira levaram discos de ouro ou de platina.
      Você provavelmente já conhece Barbra Streisand, mas imaginava que ela tinha tanto sucesso? A loira fica na frente de nomes como Madonna e  Rolling Stones na lista dos álbuns mais vendidos da RIIA.

      Além de cantora de sucesso (principalmente nas décadas de 70 e 80)), Barbra também é conhecida por seu trabalho como atriz – chegou até a ganhar um Oscar pelo seu papel em “Funny Girl”. E Barbra continua na ativa: seu último álbum, Partners – o trigésimo quarto de sua carreira – foi lançado em 2014. E o disco não fez feio: vendeu nada menos que 196 mil unidades somente na semana de estreia – um número relevante se consideramos os dias atuais, em que o número de pessoas que compram discos (físicos ou digitais) caiu relativamente…