Notificações Amigos pendentes

      Cifra Club News

      Dia do Futebol: e se os times do Brasileirão 2017 fossem bandas?

      19 de julho de 2017 15:25 Por Gustavo Morais

      Comemoramos no mês de julho, mais precisamente no dia 19, o dia do futebol! Para homenagear o esporte número 1 dos brasileiros, nós transformamos as equipes de futebol da primeira divisão do Brasileirão 2017 (sorry, amigos torcedores do Internacional) em artistas da música.

      Lembre-se, amigo leitor: é uma brincadeira e não queremos ofender a honra de ninguém! Divirta-se e prepare para cornetar seus amigos torcedores dos rivais de seu time!

      Atlético Goianiense – Banda Malta
      Busca seu lugar ao sol, mas não tem chances reais em uma disputa tão acirrada.

      Atlético Mineiro – Slipknot
      Nunca ganhou duas vezes grandes prêmios, ou seja, não é bicampeão de nada importante.

      Atlético Paranaense – Nirvana
      Viveu seus dias de glória, badalação e paparicação. Foi uma verdadeira sensação! Porém viu sua chama se apagar em razão de sua principal estrela sair de cena.

      Preta Gil, quase ninguém conhece

      Avaí – Preta Gil
      Todo mundo viu na TV, já ouviu falar, mas quase ninguém sabe quem são seus fãs.

      Bahia – Titãs
      Depois que sua grande mente criativa saiu do elenco, só fez descer a ladeira.

      Botafogo – Roberto Carlos
      Reinou nos anos 60/70, mas fez poucas façanhas desde então. Vive do passado de glórias, mas os aficionados ainda sonham com a retomada dos bons tempos.

      Chapecoense – Lynyrd Skynyrd
      Passou por uma tragédia sem precedentes, mas se recusa a desistir de lutar.

      Corinthians – Los Hermanos
      Quem gosta, ama; quem não gosta, odeia. Simples assim!

      Coritiba – RPM
      Se agigantou nos anos 80, mas viu sua força se dissipar nas décadas seguintes.

      Cruzeiro – Pato Fu
      Até faz algumas coisas legais em outras praças, mas só é um gigante incontestável em MG.

      Flamengo – Bon Jovi
      Chapa quente nos anos 80, mas sempre com desempenhos questionáveis. Com ajudinha da mídia e de muitos primeiros lugares, segue lotando estádios por onde passa.

      Fluminense – Caetano Veloso
      Muito amado entre seus súditos, mas sem o mesmo apelo popular longe de seu reino.

      Grêmio – Guns N’ Roses
      Por mais que nunca tenha perdido o prestígio junto ao seu exército de adoradores, repatriou um grande ídolo de sua era de ouro e tem voado cada vez mais alto.

      Palmeiras – David Guetta
      Tem muita grana pra investir, mas nem sempre faz as apresentações que o público gosta de curtir.

      Ponte Preta – Capital Inicial
      Tá na primeira divisão dos grandes eventos e até tem simpatia da galera. Porém, lá fora, ninguém se incomoda com sua existência.

      São Paulo – U2
      Já foi melhor do mundo algumas vezes, mas atualmente parece viver em uma zona de conforto proporcionada pela grana arrecadada.

      Santos – Rolling Stones
      Muito fodão nos anos 60 e de vez em quando mostra poder de fogo nos dias atuais!

      Sport – A-ha
      No ano de 1987, foi rei.

      Vasco da Gama – Oasis
      Importância inegável no cenário! A galera até tenta gostar, mas as atitudes avacalhadas da liderança desperta antipatia geral.

      Vitória – Naldo
      Não faz graaaaande sucesso, mas também consegue evitar vexames. Quer mais é tá na festa, mesmo sendo um eterno coadjuvante.