Notificações Amigos pendentes

      Cifra Club News

      Projeto ensina música para crianças do Vale do Jequitinhonha

      23 de outubro de 2017 11:20 Por Damy Coelho

      Meninos de Araçuaí em apresentação do espetáculo Pra Nhá Terra: aprendendo música brincando (Divulgação/Kika Antunes)

      No mês da criança, apresentamos mais um projeto que educa crianças carentes através da música. A coluna Música que Salva desta semana vai falar sobre o coro dos Meninos de Araçuaí, que completa 20 anos em 2018.

      Araçuaí é um município mineiro do Vale do Jequitinhonha, uma das regiões mais carentes do país. Nele, está o projeto Ser Criança, pensado em uma educação diferenciada para as crianças da zona rural, em que o aprendizado é aplicado nas tarefas do dia a dia: aplicar matemática na cozinha, biologia na horta caseira e aprender música como atividade extracurricular são algumas das ações do projeto. E foi deste último que nasceu o Coro dos Meninos de Araçuaí.

      Há quinze anos, o grupo de teatro Ponto de Partida assumiu o trabalho e a direção artística do coral. Desde então, os Meninos de Araçuaí se exercitam num processo de formação permanente com o grupo. Têm aulas de música, percussão, voz, dança e interpretação e trabalham com grandes artistas mineiros. Junto ao Ponto de Partida, já participaram de cinco espetáculos que lotaram plateias pelo mundo afora, apresentaram-se nos espaços mais significativos do Brasil e na França, gravaram dois CDs e um DVD e já dividiram palcos com nomes como Gilberto Gil e Milton Nascimento.

      “As crianças aprendem a escutar mais, a dialogar, a respeitar o direito dos outros..tudo isso através da música”, aponta Cléia Celestino da Silva, que já foi aluna do projeto e chegou a ser coordenadora do coral e deu uma entrevista para o Globo Repórter em 2011, falando sobre o projeto.

      Foi no coral dos Meninos que ela descobriu a paixão pela música. E essa paixão fez com que ela chegasse longe – Cléia foi uma das crianças que tocou com grandes nomes da MPB:

      Já fui até para a França com Milton Nascimento, cantei com Gilberto Gil… tive todas essas oportunidades aqui dentro, por fazer parte do coral meninos de Araçuaí, conta a coordenadora

      No projeto, as crianças aprendem, literalmente, brincando. Elas sabem aquecer a voz e aprendem um pouco da cultura regional através das músicas que cantam. Técnicas musicais importantes, como a afinação e a melodia, também são ensinadas aos meninos e meninas.

      Outro ex-aluno do projeto, Iuri Miranda, hoje é percussionista profissional – e também colabora como professor do projeto. Para ele, a vida dessas crianças pode ser transformada por meio da música, assim como foi a dele:

      Hoje em dia falam muito em transformação social, mas por que a gente precisa de tanta transformação? Porque não foram formados de fato, não é? Então esses meninos aqui agora que estão tendo formação, que estão convivendo com grandes artistas, têm boa educação com os coordenadores, eles estão sendo preparados para a vida. Então, quando tiver, 20 ou 30 anos, não vai precisar de transformação social, não vai para o mau caminho

      No projeto, a música é ensinada e praticada em atividades de roda. Essa metologia é importante pois a roda simboliza a igualdade. Não há hierarquia entre as pessoas, todos que formam a roda estão juntos, de igual para igual, com o mesmo objetivo: manter a união e o trabalho em equipe para fazer a roda girar.

      FRUTOS

      Tudo o que é conquistado no coro volta para o município. Com o dinheiro arrecadado com a venda de ingressos e CDs o projeto pode construir um cinema em Araçuaí, além de fornecer cesta básica para mais de 180 famílias carentes da cidade.

      O Coral dos Meninos de Araçuaí já foi tema de diversas matérias. Confira para conhecer um pouco mais sobre o projeto:

      Para saber mais sobre o Coral dos Meninos de Araçuaí, acesse o site oficial do projeto e o site do grupo Ponto de Partida.

      LEIA MAIS:

      + Música que salva: Projeto leva música clássica para favelas cariocas