Notificações Amigos pendentes

      Cifra Club News

      Confira a evolução musical de Thiago Brava em 5 vídeos!

      6 de janeiro de 2018 Por Gustavo Morais
      Thiago Brava é um expoente do sertanejo

      Thiago Brava vive ótima fase na carreira (Foto: Facebook)

      O goiano Thiago Brava começou a estudar música aos 12 anos de idade, quando ganhou seu primeiro instrumento, um cavaquinho. Por mais que tenha nascido na capital do sertanejo, Thiago teve seus primeiros contatos com a música por meio do samba e do pagode. Depois de passar por várias bandas, o artista foi encontrando seu próprio caminho e  levantou o voo da carreira solo.

      Em 2011, Thiago Brava decidiu abandonar a música. O motivo foi o mesmo que assola vários talentos por aí: o artista simplesmente chegou a desacreditar que faria sucesso. O divórcio com a arte, no entanto, durou pouco! No Carnaval de 2012, Thiago compôs a música As Mina Pira e, em um momento descontraído, com amigos em uma piscina, gravou um vídeo amador que virou hit na internet! Na sequência, veio a retomada da carreira e ele começou a escrever sua trajetória de sucesso.

      Em seis anos de carreira, Thiago já gravou os trabalhos 360 O Arrocha Do Poder (Ao Vivo)Ao Vivo em Goiânia, Tudo Novo de NovoSempre Diferente e Um Violão e Uma Catuaba. Do vídeo amador para as produções badaladas, esse é Thiago Brava!

      1. As Mina Pira

      Gravado de forma amadora e publicado no Carnaval de 2012, o vídeo da música ajudou Thiago a recuperar a confiança na própria carreira. Simples e direta, a faixa caiu no gosto da galera e hoje é um hit incontestável!

      2. 360 O Arrocha do Poder

      Com esse single, Thiago conquistou um lugarzinho nas paradas de sucesso. Posteriormente, a música batizou o primeiro trabalho ao vivo do artista.

      Escrita em uma linguagem divertida, 360 O Arrocha do Poder é do tipo de canção que anima qualquer balada. Em conversa com o G1, em 2015, Thiago Brava explicou como escreveu a letra.

      Um dia eu estava em uma balada e vi umas meninas fazendo uma dança. Perguntei o que era e elas me explicaram que era a dançinha do arrocha. Uma delas me explicou que tinha que rebolar em 90 e 360º. Aí eu falei que estava errado e que, na verdade, era 180º. No caminho de volta para casa, a música já estava pronta na minha cabeça

      3. Se Não For Pra Causar, Eu Nem Vou

      O recado não poderia ser mais direto! Em um clipe arrojado e com trejeitos de produção internacional, o cantor mostra como é que se anima uma balada! Além de causar, o cara comanda!

      4. Nunca Mais Eu Vou Dormir

      Usando características das novas linguagens, o artista mostra que está antenado no gosto da galera que curte redes sociais. Bastante divertido e com altas referências, o clipe tem o ar das famosas esquetes dos canais consagrados no YouTube. Ponto pro Thiago!

      5. Dona Maria

      Mostrando sua versatilidade, Brava aposta em uma produção mais clean e o resultado não poderia ter ficado melhor! Com participação do cantor Jorge (da dupla com Mateus), Thiago faz um som no aconchego de uma varanda e deixa claro que a simplicidade também resolve muita coisa!

      Com uma carreira interessante e músicas que flertam com vários segmentos, Thiago Brava é um dos artistas que direcionam os rumos do sertanejo moderno. Em 2018, mais do que nunca, nós devemos ficar de olho no trabalho desse cara! ;)