Notificações Amigos pendentes

      Cifra Club News

      5 razões científicas para você tirar seu violão do armário em 2019!

      28 de março de 2018 9:36 Por Gustavo Morais

      Um instrumento musical deixa a vida bem mais bela (Foto/Pexels)

      Tocar um instrumento musical gera incontáveis benefícios para nossas vidas. Além de ser uma atividade que aprimora o intelecto, as horinhas semanais que investimos no estudo do violão, por exemplo, fazem um bem e tanto para a saúde física e realizam um verdadeiro detox na mente. Por essas e outras, listamos 5 razões científicas para você tirar o seu intrumento da bag e mergulhar na arte das cordas!

      1. Aumenta a sua atividade cerebral

      De acordo com um estudo feito na Escócia, tocar um instrumento musical proporciona um aprimoramento nas atividades e funções cerebrais. Isso quer dizer que se você tocar violão, você também estará lutando contra a degeneração cerebelar a um médio e longo prazo.

      Tocar violão te deixa mais inteligente (Foto/Pexels)

      Sendo assim, você pode pensar na possibilidade de trocar as pílulas para estimular sua atividade cerebral por algumas videoaulas do Cifra Club!

      2. Elimina o estresse

      Você anda “pistola” com uma pá de coisa? #QuemNunca, né? Felizmente, fazer um som vai te deixar bem mais calmo! Segundo um estudo conjunto da Universidade de Loma Linda, na Califórnia (Estados Unidos) com e a Escola de Medicina e de Biossistemas Aplicados, os índices de estresse são reduzidos de maneira significativa quando nós tocamos algum instrumento musical, isto é, tocar guitarra vai te deixar “numa relax, numa tranquila e numa boa”!

      3. Melhora a coordenação motora

      Tocar um instrumento musical exige total coordenação entre mãos, olhos e ouvidos. Por consequência, o músico [amador ou não] tende a desenvolver habilidades que melhoram a coordenação motora. Como? Bem simples:

      - tocar um instrumento induz o indivíduo a ter uma boa postura corporal. Com uma boa postura, que sempre é confortável, nós passamos a ter mais facilidade para realizar os movimentos do corpo. Desta forma, aprendemos a evitar exageros de força física na hora de executar alguns movimentos.

      Dylan e sua habilidade de tocar dois instrumentos ao mesmo tempo (Foto/Pexels)

      - tocar um instrumento requer repetição! Os movimentos necessários para a execução das técnicas e as mudanças de acordes, por exemplo, são fundamentos aprimorados na medida em que são praticados. Por consequência, depois de treinar, treinar, treinar e treinar a mesma coisa, a realização do movimento passa a ser algo natural para você. Por consequência, seu cérebro poderá concentrar esforços em outro movimento e você será capaz de coordenar dois atos ao mesmo tempo.

      Exemplo? Ok: você pode desenvolver a habilidade de cantar e tocar ao mesmo tempo! Você também pode tocar violão/guitarra e gaita ao mesmo tempo e liberar o Bob Dylan que há em você!

      4. Desenvolve socialização

      Como é uma linguagem universal, a música tem o poder de unir! Quando aprendemos a tocar um instrumento, nós criamos oportunidades de fazer novos amigos e de socializar. Por mais que você tenha um pouco de timidez, a aula de música vai estimular interações com outros estudantes e professores.

      A música promove o surgimento de amizades (Foto/Pexels)

      Sendo assim, instintivamente, você trocará figurinhas musicais de forma natural. E como um assunto leva a outro, chegará um momento em que será comum ter conversas sobre o cotidiano, futebol, namoro, piadas, etc e tal.

      5. Aprimora o trabalho em equipe

      Muitos músicos formam bandas, ou seja, trabalham em equipe, não é mesmo? E quando vários músicos se reúnem por um mesmo propósito, que é injetar mais arte no mundo, não tem como evitar de colocar em prática os bons hábitos que farão o trabalho fluir!

      Juntos, somos todos mais fortes (Foto/Pexels)

      Desta forma, você desenvolverá habilidades para gerenciar o tempo, pois terá que achar espaço para as atividades musicais em sua rotina; criará disciplina, por causa dos ensaios e das questões que envolvem os assuntos da banda; e pode até ser que o líder que há em você seja despertado!