Notificações Amigos pendentes

      Cifra Club News

      Dave Mustaine revela acreditar que Kurt Cobain cometeu suicídio

      16 de junho de 2016 12:21 Por Damy Coelho

      Apesar da morte de Kurt Cobain já ter sido declarada como suicídio desde o começo, todos sabem das teorias conspiratórias que rondam a morte do músico. A principal delas alega que Courtney Love teria compactuado com tudo, tornando a situação um crime de homicídio. Mas Dave Mustaine parece não concordar com as teorias bizarras que se espalharam por aí. O líder do Megadeth disse ao site Team Rock que acredita que Kurt realmente queria se matar.

      O assunto da entrevista era o “fardo” de ser o líder de uma grande banda de rock e, consequentemente, de influenciar tantas pessoas com o seu trabalho. “Não acredito que seja um fardo”, disse Mustaine durante o Golden Gods Awards. “Você vê caras tipo o Kurt Cobain e pensa: por que ele se matou? Eu acho – e isto é apenas uma suposição minha – que caras assim não percebem que eles foram agraciados. Aí isso se torna um fardo”, explica.

      “Quando você começa a ver seus fãs com um pensamento tipo foda-se, não vou fazer outra foto contigo, não quero autografar mais nada, me deixe em paz, você não merece mais estar ali. Quando acordo de manhã e sempre que acontece algo legal em minha vida, eu sempre agradeço nossos fãs por isto. Sou grato o tempo todo a meus fãs, pois eu não estaria onde estou se não fosse por eles”, afirmou Mustaine.

      De fato, Kurt Cobain não sabia mais como lidar com o peso da sua fama sem precedentes. Considerado o “líder de uma geração”, Kurt se viu decepcionado por algumas obras mal interpretadas por fãs do Nirvana, e como isso pode agir negativamente sob uma pessoa, por exemplo. Defensor dos direitos das mulheres e do movimento feminista, Kurt ficou extremamente chateado quando um grupo de adolescentes estuprou uma menina enquanto cantava trechos da música “Polly”. A história é narrada na biografia do músico, “Mais Pesado Que o Céu”, de Charles R. Cross.