Notificações Amigos pendentes

      Cifra Club News

      Travis chama saída de Tom do Blink de ‘férias temporárias’

      4 de julho de 2016 9:58 Por Damy Coelho

      O discurso de Tom DeLonge sobre a sua vontade de se dedicar integralmente à ufologia deu um banho de água fria nos fãs que esperavam que ele voltasse para o blink-182. Mas nem tudo está perdido, como sugere Travis Barker. O baterista ainda é grande amigo de Tom, e comentou em uma entrevista recente sobre a saída do colega da banda. Pelo visto, ele acredita que este período pode ser meramente temporário.

      O músico comentou que o clima já não estava mais favorável desde a época das gravações do Neighborhoods, de 2011, que viria a ser o último álbum da banda com Tom Delonge na formação. “Já não estávamos mais tão entrosados. O nosso produtor tinha acabado de falecer, o que contribui para que todo mundo ficasse meio disperso, sem conexão uns com os outros. Eu também tinha sofrido um acidente de avião que quase tirou a minha vida. Vi alguns dos meus amigos mais próximos perderem suas vidas. Nós estávamos apenas tentando ficar juntos”, explicou.

      Passado o clima de tensão, parece que Travis vê o futuro da banda com otimismo. Em determinado momento da entrevista, o baterista sugeriu que Tom precisava perceber o quanto o Blink era ótimo, e um tempo afastado da banda poderia ser positivo. “Tom queria que a banda fosse diferente. Não fazia sentido para mim. Poderíamos lotar estádios, tocar para 100 mil pessoas (…). As pessoas conhecem a banda pelas músicas rápidas e divertidas. Acho que as férias de Tom longe da banda vão ajudá-lo a perceber que o que o Blink-182 faz é realmente incrível. Espero que isso o convença. Estou muito orgulhoso de quem nós somos e como soamos”, afirmou Travis.

      Será que ainda veremos Tom DeLonge tocando junto com Travis e Mark novamente? Vale lembrar que a formação atual conta com  Matt Skiba na guitarra.

      Topo das paradas

      As previsões para o novo álbum do Blink não poderiam ser melhores. Lançado na semana passada, California já está cotado para superar “Views”, o álbum de Drake que lidera as paradas norte-americanas há semanas. Um site especializado em pesquisas fonográficas de mercado aponta que o novo álbum deve vender entre  125 e 135 mil cópias até esta sexta, desbancando o disco de Drake.

      Seria a volta do rock’n'roll para o topo das paradas dos EUA, um fenômeno que não acontece há muito tempo por lá. Será que essa previsão deixaria Tom empolgado em voltar logo?