Notificações Amigos pendentes

      Cifra Club News

      Oi? Gravadora queria expulsar Mike Shinoda do Linkin Park

      16 de julho de 2016 10:27 Por Damy Coelho

      Chester e Mike (Foto: Getty Images)

      Quem é fã de Linkin Park já sabe que a banda foi formada por Mike Shinoda, Brad e Rob. Então, muito é de se estranhar saber que a própria gravadora da banda já pensou em demitir justamente Shinoda, que além de ser fundador é um dos membros mais queridos do Linkin Park. Pois a história foi revelada pelo vocalista Chester Bennington, durante uma entrevista recente ao site Metal Hammer.

      A história aconteceu pouco antes do álbum de estreia da banda (Hybrid Theory, de 2000) ser lançado pela Warner. “Era uma época em que a gente não fazia ideia do que estava acontecendo”, explica Chester. “Quer dizer, a gravadora queria dar um jeito de expulsar o Mike da banda, o que parece a coisa mais engraçada do mundo. Olhando para trás eu pensei ‘caramba, que viagem mais insana’”, comenta.

      “Nós acreditávamos tanto no que a gente tava fazendo, e pensávamos tipo, ‘Porra, por que ninguém mais consegue ver isso?’. Mas quando o álbum saiu, acho que todo mundo viu”, conclui Chester.

      De fato, todo mundo viu que a banda estava tomando o rumo certo: já no álbum de estreia, os norte-americanos venderam mais de 24 milhões de cópias em todo mundo – é até hoje o disco mais vendido o Linkin Park, e botou a banda na lista dos “200 álbuns definitivos do rock’n'roll’ pelo Rock And Roll Hall Of Fame.

      E o Mike ficou na banda, para a nossa sorte! Além do sucesso no Linkin Park, o músico também colheu frutos com o seu projeto Fort Minor, em meados dos anos 2000. Shinoda chegou a falar sobre a polêmica com a gravadora do Linkin Park na letra de  “Get Me Gone” . Veja a tradução aqui.