Notificações Amigos pendentes

      Cifra Club News

      Flea define os Estados Unidos: ‘racismo e romance patético com armas’

      20 de julho de 2016 11:12 Por Damy Coelho

      Flea, famoso baixista do Red Hot Chili Peppers, foi bem direto ao dizer o que pensa dos Estados Unidos. O músico deu uma entrevista à CBC Ottawa falando, é claro, sobre o lançamento de The Getaway, mas também sobre o assunto que é pauta no país ultimamente: os diversos assassinatos a negros no país, a forma de combater o terrorismo e os grandes ataques movidos a armas de fogo, como o ocorrido na boate LGBT em Orlando.

      Rock se mantém nas paradas graças a bandas como Red Hot Chili Peppers e Blink 182

      “A situação com as pessoas se matando, o racismo sistêmico nos Estados Unidos, é um romance patético com as armas de fogo. Há também o terrorismo e a revolta contra o terrorismo, tudo isso se resume às pessoas não se sentirem conectadas”, refletiu Flea. “Você fica tão sozinho, você elimina tanto o mundo, que você acha que está contra uma pessoa e que essa pessoa está contra você. Você constrói medo e ódio que se transforma em algo doente e você se torna um assassino. É uma doença, é doente, é terrivelmente triste”, concluiu.