Notificações Amigos pendentes

      Cifra Club News

      Demi critica Taylor:’não é empoderamento feminino atacar outra mulher’

      4 de outubro de 2016 8:55 Por Damy Coelho

      Taylor e Demi (Foto: Reprodução)

      O tempo fechou! Demi Lovato, que já não é lá mui amiga de Taylor Swift (entenda abaixo), deu uma entrevista para a revista Glamour norte-americana alfinetando a colega de profissão e seu squad – o grupo de amigas da loira, composto por nomes como Selena Gomez, as irmãs HAIM, Ellie Goulding e Lorde. Segundo Demi, Taylor não pode falar de empoderamento depois de ter feito “Bad Blood” (a música que supostamente ataca Katy Perry). Treta!

      A alfinetada aconteceu quando a cantora foi questionada sobre o que achava do feminismo tomando corpo na música pop. Então, ela usou Taylor e a música “Bad Blood” como exemplo de sua crítica. ”Acho que ter uma música e vídeo sobre tentar derrubar a Katy Perry não é empoderamento feminino”, disse Demi, sem meias palavras.

      Ela ainda falou mais diretamente sobre o squad de Taylor. “As pessoas vão me criticar por isso, mas não vejo corpos normais naquele grupo/squad. Parece uma imagem falsa e distorcida da realidade que as pessoas aparentam ter”, afirmou a cantora. Aqui, vale um parênteses: essa declaração foi bastante parecida com uma que Lorde deu, no início da carreira, sobre Taylor. Hoje, as duas são melhores amigas.

      Relacionamento de dependência com o ex, vício em drogas e feminismo: veja o que Demi respondeu sobre esses assuntos para a revista Glamour

      Caso antigo

      Esta não é a primeira vez que Demi se posiciona criticamente sobre o empoderamento de Taylor. Quando explodiu a polêmica entre Kesha e seu produtor, Dr. Luke, Demi se posicionou em defesa da cantora (que alegou ter sido vítima de abuso do seu ex-agente). Taylor, por sua vez, preferiu não se manifestar publicamente sobre o assunto, mas fez uma doação de 200 mil dólares para que Kesha conseguisse dar novos passos em sua carreira.

      Então, Demi usou seu Twitter para desabafar: “Estou esperando as proclamadas feministas começarem a falar ou tomar ações pelos direitos das mulheres. Leve algo para o Congresso ou realmente fale algo sobre alguma coisa e eu ficarei impressionada”, comentou a cantora. Quando um fã de Taylor criticou a atitude de Demi, ela se posicionou: “Pelo menos eu estou falando sobre o assunto. Nem todo mundo tem 250 mil para dar as pessoas. Adoraria fazer, mas não cresci com dinheiro. Pelo menos eu estou falando sobre esta m… que é desconfortável, do que tentar ser politicamente correta 24 horas por dia. Não há rivalidade. Eu prefiro começar um diálogo sobre as MULHERES ABRINDO O JOGO SOBRE SEREM ESTUPRADAS do que ficar jogando dinheiro para uma pessoa”, finalizou.

      Nem Taylor Swift, nem o seu squad responderam as declarações de Demi.

      Enquanto isso, no Twitter, as pessoas estão obviamente divididas: