Notificações Amigos pendentes

      Cifra Club News

      Mais reviravoltas no caso Fifth Harmony: entenda

      20 de dezembro de 2016 9:19 Por Damy Coelho

      Fifth Harmony (Foto: Reprodução/Instagram)

      Bastaram apenas algumas horas para que a situação do Fifth Harmony desse uma reviravolta digna das maiores tretas do pop atual. Se você ficou chocado com o caso Kanye West x Taylor Swift, senta aí que a saída de Camila Cabello do grupo promete entrar para as grandes tretas do mundo da música (provando que 2016 é mesmo uma caixinha de surpresas).

      Primeiro, um breve comunicado foi publicado nas redes sociais do Fifth Harmony nesta segunda (19), anunciando a saída de Camila Cabello do grupo (veja). O texto foi assinado pelas quatro integrantes que permanecem no grupo e revela que elas ficaram sabendo da saída de Camila pelos agentes da cantora.

      Horas depois, foi a vez de Camila Cabello publicar um textão (leia aqui) justificando sua saída. A cantora se mostrou magoada com o comunicado publicado nas contas oficiais do grupo e garantiu que não estava sabendo que a sua saída seria anunciada dessa maneira.

      Para completar, a cantora garantiu que teve longas conversas com suas companheiras sobre o futuro do grupo e sempre deixou claro o desejo de seguir em carreira solo – novamente, refutando o que dizia o comunicado oficial.

      Continue lendo

      Pois na manhã desta terça (20), foi a vez de cada uma das quatro integrantes remanescentes publicarem um mesmo textão em suas contas pessoais. O texto nega as afirmações de Camila Cabello e reafirma que elas ficaram sabendo da saída da cantora pelos seus agentes, em novembro.

      Leia a tradução do texto, que foi publicado nas contas de Ally, Lauren, Dinah e Normani.

      Aos nossos harmonizers,
      Sabemos que vocês estão sentidos e confusos, assim como nós. Nós sabemos que querem respostas, e vocês merecem, já que fazem parte desse grupo tanto quanto nós quatro.

      A única coisa que não queremos é entrar em uma batalha de disse-me-disse, mas permitimos que nossa história fosse contada pela imprensa e pelas mídias sociais por muito tempo. Então, para nossos harmonizers, por quem nos preocupamos profundamente, queremos que vocês saibam tudo por  nós, sem edição e sem manipulação: apenas de nós para vocês.

      Nos últimos meses,  fizemos todos os esforços para sentarmos e discutirmos o futuro do Fifth Harmony com a Camila. Passamos o último um ano e meio (desde o início de sua carreira solo) tentando nos comunicar com ela e com sua equipe sobre todas as razões pelas quais sentíamos que o Fifth Harmony merecia pelo menos mais um álbum com ela, dado o sucesso do último ano e todo nosso trabalho duro.

      Nós a convidamos para reuniões sobre o grupo, que ela declinou; pedimos para L.A. Reid e a gravadora interferirem e marcarem reuniões, mas de novo ela rejeitou. Nós até fomos a uma terapia em grupo, e ela não apareceu. Então, não: depois de meses de rejeição por parte dela e de sua equipe, essas supostas conversas alegadas de fato nunca aconteceram, ainda que nós implorássemos. Nós temos tentado com exaustão e coração manter esse grupo vivo como quinteto, e queremos deixar muito claro que, infelizmente, esses esforços não eram mútuos.

      No meio de novembro, fomos informadas pelo empresário dela que Camila estava deixando o grupo. Na ocasião, soubemos que o show do dia 18 de dezembro seria o último dela com o Fifth Harmony.

      Nós ficamos profundamente feridas. Estivemos juntas por quase cinco anos, passando por altos e baixos… Apesar dessa não ser a maneira que nenhuma de nós quisesse de encerrar um capítulo de nossas vidas, tivemos que começar a formular um plano e construir um caminho para o Fifth Harmony seguir em frente, sem a Camila. Nós verdadeiramente apoiamos a decisão de qualquer uma para fazer o que as faça felizes e, para isso terminar, desejamos o melhor à Camila, apesar da tristeza pela maneira que ela e sua equipe lidaram com a situação.

      Ver a Camila sair desse mundo especial que construímos com vocês é duro, mas nós vamos seguir em frente juntas. Nós estamos empolgadas para continuar a emanar positividade para o mundo e iluminar a vida das pessoas. Nós quatro reconhecemos que não seríamos NADA sem o Fifth Harmony e queremos continuar para honrar isso. Agradecemos aos harmonizers por nos permitirem fazer isso. Vocês nos amam e nos apoiam diariamente, vocês nos realizaram em momentos que nem imaginam. Obrigada.

      Tendo isso dito, estamos prontas para seguir. Sabemos nossa verdade, sabemos o trabalho duro que colocamos nisso e o quanto tentamos vezes e vezes, de novo e de novo, a fazer esse trabalho para nós cinco. Também sabemos que vamos continuar a colocar amor e devoção nesse grupo com o apoio de vocês, os harmonizers leais. Desejamos apenas coisas boas a todos. Pra frente e avante.

      Ally, Dinah, Lauran e Normani

      A opinião dos “harmonizers”

      Os fãs do grupo, é claro, estão bastante confusos. Muitos acreditam que a carta assinada por Ally, Dinah, Lauran e Normani não foi de fato escrita por elas, mas pelos agentes do grupo. O que reforça essa teoria é o áudio que vazou com a voz de Lauren: nele, a cantora conversa com Ally, com raiva, afirmando que elas “são tratadas como escravas” (veja aqui).

      Além disso, Ally teria deixado de seguir a conta oficial do Fifth Harmony no Instagram logo após o textão ser publicado.

      Os fãs já pensam que essa é uma prova de que as cantoras não estavam de acordo com o texto publicado, reforçando que essa postura das integrantes pode ter sido assumida por pura pressão dos agentes do grupo.

      Já outros fãs criticaram Camila Cabello, alegando que ela “traiu” o Fifth Harmony.

      E você, o que pensa disso tudo? Lembrando que esse caso ainda promete dar muitas reviravoltas…

      Ouça a playlist especial do Fifth Harmony no Letras.mus.br!