Notificações Amigos pendentes

      Cifra Club News

      Corey Taylor e Rob (Judas Priest)elegem os 10 melhores álbuns de metal

      6 de julho de 2017 10:37 Por Damy Coelho

      Dando sequência ao especial da Rolling Stone com os melhores álbuns de metal de todos os tempos, depois de Ozzy Osbourne, foi a fez de Rob Halford e Corey Taylor elegerem os 10 melhores álbuns do gênero, baseado nos gostos de cada um deles.

      Os dois músicos priorizaram bandas clássicas, como Iron Maiden, Pantera e Metallica – apesar de terem escolhido discos diferentes. Mas os nomes que deram outra cara ao metal não foram esquecidos, como o Korn, que entrou nas duas listas.

      Corey endeusou o Roots, clássico do Sepultura, afirmando que o álbum “merecia mais créditos por ter influenciado tanta gente”.

      Mas o mais interessante é que, coincidentemente, um álbum do Judas Priest entrou na lista de Corey e um disco do Slipknot foi escolhido por Rob.

      Veja abaixo a lista de cada um deles, com os respectivos comentários:

      Corey Taylor

      O vocal do Slipknot e do Stone Sour preferiu fazer sua lista sem uma ordem (esperto ele!), mas fez longos comentários sobre cada álbum, que foram resumidos a seguir:

      Anthrax, ‘Worship Music’ (2011)

      “Vamos colocar assim: eu cresci com o Among the Living (álbum do Anthrax de 1987) e teria escolhido esse disco se eles nunca tivessem lançado o Worship Music. Quer dizer, eu amo o For All Kings, mas amo o modo como eles voltaram com esse disco, a pegada agressiva que ele tem”.

      Iron Maiden, ‘Somewhere in Time’ (1986)

      “Esse é o meu favorito do Iron porque é o meu disco do Iron. Wasted Years foi a minha música por anos, e eu acho que é a mais perfeita música de heavy metal que alguém já escreveu”.

      Judas Priest, ‘Screaming for Vengeance’ (1982)

      “Todo mundo tem seu disco favorito do Judas Priest e esse é o meu. Eles criaram o melhor álbum de power metal já feito.Screaming For Vengeance é incrível, cara. Muita gente não dá ao Judas Priest o devido crédito. Falam sobre como eles começaram, mas não consideram toda sua discografia e como a banda era motivada e diferente a cada álbum. Eles não tinham limites. Eles eram brilhantes”.

      Korn, ‘Korn’ (1994)

      “Pra mim, esse álbum entra junto com o Appetitte For Destruction e o Nevermind como os álbuns que definiram uma guinada cultural”.

      Megadeth, ‘Peace Sells … but Who’s Buying?’ (1986)

      “Esse disco inteiro pra mim – que é tão do caralho, pesado e incrível – é, provavelmente, o disco que me introduziu no Megadeth, que depois me introduziu no universo do metal”.

      Metal Church, ‘The Dark’ (1986)

      “Só lembro de ter ouvido todas as músicas desse disco, especialmente Start the Fire e Ton of Bricks, e o título das músicas são incríveis. Eu me lembro de ter dito: ‘Porra, isso é foda demais. De quem é esse disco?’ E logo fui comprar”.

      Metallica, ‘Master of Puppets’ (1986)

      “Seria o meu primeiro lugar, se essa lista estivesse em ordem. Esse é o meu álbum de metal favorito. Ele é perfeito”.

      Pantera, ‘Far Beyond Driven’ (1994)

      “Pra mim, esse disco foi o primeiro exemplo de como uma produção moderna no metal deveria soar”.

      Sepultura, ‘Roots’ (1996)

      “Esse álbum… Jesus Cristo. Esse é um dos discos mais densos e pesados que eu já ouvi, num sentido de produção mesmo. É tão bruto e tão incrível. Eu amo todos os álbuns do Sepultura, mas esse é o meu favorito. E eu acho que esse disco não ganha créditos suficientes, porque ele foi tão inspirador para tantas pessoas e tantos artistas… Isso é vergonhoso”.

      White Zombie, ‘Astro-Creep: 2000 – Songs of Love, Destruction and Other Synthetic Delusions of the Electric Head’ (1995)

      “Nem sei se as pessoas consideram esse como um disco de metal, mas eu considero porque ele é tão pesado, cool… um álbum de heavy metal artístico, que eu escuto até hoje”.

      Rob Halford preferiu ser sucinto nas explicações, mas elencou sua lista em um verdadeiro top 10.

      10. Motörhead, ‘Ace of Spades’ (1980)

      “Esse é um grito hardcore bombástico de vai se foder!“.

      9. Slipknot, ‘Slipknot’ (1999)

      “Quando esse disco foi lançado, foi um honesto nu-metal que influenciou toda uma era”.

      8. Emperor, ‘Anthems to the Welkin at Dusk’ (1997)

      “Amo esse porque parece uma blasfêmia vinda do lado obscuro”.

      7. Dio, ‘Holy Diver’ (1983)

      “Um clássico”.

      6. Pantera, ‘Cowboys From Hell’ (1990)

      “O massacre do Texas começou aí”.

      5. Slayer, ‘Reign in Blood’ (1986)

      “Uma porrada de riffs e letras que socam a sua cara”.

      4. Iron Maiden, ‘Iron Maiden’ (1980)

      “Parece um sangue inglês fresco da nova onda do heavy metal britânico, e estava no topo da montanha”.

      3. Korn, ‘Korn’ (1994)

      “Esse disco trouxe uma nova definição para o metal”.

      2. Metallica, ‘Kill ‘Em All’ (1983)

      “Uma energia trash que os EUA estava pedindo”.

      1. Black Sabbath, ‘Black Sabbath’ (1970)

      “Esse é o ponto de partida de tudo que veio com o metal”.