Notificações Amigos pendentes

      Cifra Club News

      Os latinos estão dominando o streaming do mundo inteiro

      27 de julho de 2017 9:17 Por Damy Coelho

      J. Balvin e Luis Fonsi (Foto: Reprodução)

      O sucesso de Despacito acabou abrindo um espaço enorme para o mercado da música latina no mundo. Prova disso se reflete no trabalho de muitos artistas, lá fora e aqui: é a Paradinha como primeiro hit internacional de Anitta, o novo single da Paula Fernandes todo trabalhado no regaeeton e o grande sucesso de Mi Gente, de J Balvin, subindo cada vez mais nas paradas mundiais. Hoje, o single do colombiano ocupa o segundo lugar das músicas mais tocadas em sites de streaming. Só perde para a própria Despacito.

      O sucesso em números fica assim: Despacito, em sua versão original e no remix com Justin Bieber, alcançou 4,6 bilhões (!) de reproduções nos streamings. Na sequência, vem Mi Gente, somando 200 milhões de acessos.

      Ter duas músicas latinas como as mais tocadas no mundo todo é um feito inédito se tratando do streaming. Artistas como Shakira abriram este mercado há anos, que depois foi bem aproveitado por artistas como Maluma, Luis Fonsi (o único não-colombiano da lista) e pelo próprio J. Balvin. Antes de Mi Gente, o cantor emplacou outro sucesso, Safari, resultado da parceria com Pharrell Williams que chegou ao topo do ranking latino da Billboard.

      Percebendo a força da música latina, artistas de várias nacionalidades se uniram em feats poderosos: Maluma já cantou com Shakira e Anitta, e a brasileira também já foi convidada para cantar com o próprio Balvin. Juntos, eles embalam o hit Ginza.

      Pelo visto, parece que a música latina vai continuar com um reinado poderoso nos próximos meses!

      LEIA MAIS:

      + Quem são os cantores latinos mais hypados do momento

      + Ciência explica por que Despacito não sai de nossas cabeças!

      + Despacito: já foi escolhido o cantor para a versão em português

      + Fique de olho: Romeo Santos, o rei da bachata

      + Luis Fonsi detona Maduro por uso de Despacito em propaganda política