Notificações Amigos pendentes

      Cifra Club News

      Conheça 5 instrumentos musicais que vieram direto do futuro!

      2 de agosto de 2017 15:17 Por Gustavo Morais

      Se você curte música e tecnologia, em algum momento da vida já sonhou em pegar uma carona no Delorean, pilotado por Marty Mcfly, só pra ver como são os instrumentos musicais do futuro.

      Mas não se preocupe, amigo leitor! O futuro já começou e os instrumentos abaixo deixam bem claro que os tempos vindouros chegaram num piscar de olhos!

      1. Tenori-On – Maravilha minimalista!

      Criado pelos artistas japoneses Toshio Iwai e Yu Nishibori para a Yamaha, o Tenori-On é um quadrado de 16 centímetros que funciona na base do toque, grava o som e depois reproduz o áudio em looping. O equipamento é portátil e vem com duas caixas de som embutidas. Veja um vídeo de demonstração do instrumento!

      O Tenori-On é instrumento é apreciado por gente do calibre de Björk, The Books, Gotan Project e compositores de trilhas para cinema.

      2. Optron – Fãs de Star Wars piram!

      Desenvolvido por Chet Udell, o Optron parece um sabre de luz. O instrumento é formado por um tubo, que combina LEDs com tecnologia de ponta, e emite som ao ser movimentado em qualquer direção. Como pode ser usado com uma alça em volta do pescoço, o equipamento pode ser tocado com gestos que simulam movimentos de um guitarrista. Confira, no vídeo abaixo, como a mágica acontece!

      Produzindo música que parece ter saído de filmes de ficção científica, o Optrom pode ser exatamente o que artistas de música eletrônica, experimental, world music ou rock progressivo precisam!

      3. Laser Harp – Modernização natural

      A harpa é certamente um dos instrumentos musicais mais clássicos que existem! Graças ao músico Leo Bettinelli, o instrumento dos anjos ganhou os requintes tecnológicos do século XXI. O funcionamento é bem simples: alguns feixes de laser são emitidos para simularem cordas, e cada toque é convertido em som por um sintetizador. Veja um clássico do Queen tocado na harpa laser:

      O harpista que se aventurar a tocar, precisa usar luvas especiais para trabalhar com os feixes. A posição em que o laser fica, inclusive, pode influenciar na sonoridade obtida.

      4. Roli Seaboard – Teclas no comando!

      Desenvolvido pela fabricante britânica ROLI, o instrumento parece um teclado comum. Carinhosamente chamado de “piano do futuro”, o brinquedinho é um vigoroso sintetizador e controlador. De acordo com o site Tecmundo, as teclas são configuradas, via software, para reproduzirem os mais diferentes tipos de áudios possíveis. É possível fazer solos de guitarra, dedilhado de violão, produzir efeitos sonoros e até orquestrações!

      Imagina o que Rick WakemanDerek Sherinian e vários outros mitos não fariam com um Roli Seaboard em mãos?

      5. GePS – O novo modo “air” de tocar!

      Com pinta de invenção maluca, o GePS é uma grata surpresa que mistura instrumento musical com wearable (tecnologia vestível)! Trata-se de uma luva que produz sons em um computador conectado via rádio e sensores. A cada movimento da mão, os áudios configurados são tocados. Desta forma, os gestos praticados acabam virando uma baita performance!

      O GePS é uma tecnologia que deixaria as apresentações de um mágico ainda mais impressionantes, né não?