Notificações Amigos pendentes

      Cifra Club News

      5 temas de abertura inesquecíveis das novelas

      6 de novembro de 2017 11:47 Por Damy Coelho

      Pegando carona no sucesso do (maravilhoso) clipe melodramático de Havana, da Camila Cabello, damos sequência ao nosso especial de trilhas inesquecíveis de novelas – desta vez, dando destaque para os temas de abertura.

      Que tal relembrarmos mais 5 desses temas que deixaram os folhetins ainda mais emocionantes?

      1. Rei do Gado – Orquestra da Terra (O Rei Do Gado, 1996)

      Clássico na voz de Tião Carreiro e Pardinho, Rei do Gado ganhou uma versão repaginada pelo Orquestra da Terra.

      O tema de abertura com um Antônio Fagundes girando em cima de um boi marcou uma geração (e virou meme recentemente).

      2. Somente o Sol – Deborah Blando (Corpo Dourado, 1998)

      Os mais novinhos não vão lembrar, mas Deborah Blando era popstar nos anos 90 e virou uma verdadeira diva das trilhas novela da época. Um exemplo é Somente o Sol, que virou tema de abertura de Corpo Dourado.

      Mas a loira também emplacou o hit Unicamente (popularmente conhecido como “raiou o sol”), tema de A Indomada, em 1995…

      Próprias Mentiras, o tema da Íris (Deborah Secco) em Laços de Família:

      … e Chocolate com Pimenta, tema da novela de mesmo nome:

      3. Sexy Iemanjá – Pepeu Gomes (Mulheres de Areia, 1992)

      Na época em que a lambada era o ritmo do verão, essa música do Pepeu Gomes tocava a todo o momento – e hoje virou um clássico dos temas de abertura.

      4. Love’s Theme Barry White (Celebridade, 2004)

      Pela primeira vez em anos, uma novela das 9 da Globo ganhou uma trilha instrumental.

      O trecho da faixa Love´s Theme, de Barry White, pegou tanto que se consolidou como símbolo de uma vida requintada (ou ryca mesmo).

      5.  Vem Dançar Comigo – Robson Moura e Lino Krizz (Avenida Brasil, 2012)

      O Brasil passou a conhecer o ritmo latino kuduro com a abertura contagiante de Avenida Brasil. Quem nunca ficou com aquele “oi, oi, oi” na cabeça?