Notificações Amigos pendentes

      Cifra Club News

      Clássicos de Natal em versões punk, grunge, metal e hard rock

      18 de dezembro de 2017 14:36 Por Damy Coelho

      Iniciando as celebrações de Natal, garimpamos covers de músicas clássicas desta época do ano em versão grunge, punk, hard rock e metal.

      A seguir, veja também alguns momentos inesquecíveis de ídolos consagrados cantando músicas clássicas natalinas.

      1. GRUNGE

      Para começar, fique com este compilado de canções de natal em uma versão grunge e fofa. Sim, é possível!

      Vale lembrar:

      O Stone Temple Pilots surpreendeu até os fãs mais devotos com uma versão de Christmas Time Is Here, do Natal de Charlie Brown. Com um Scott Weiland cantando suave e baixinho, a banda mostrou que nem só de grunge vivia o homem dos anos 90.

      Os integrantes do Pearl Jam, Soundgarden e Alice In Chains se uniram para um especial de Natal de um humorístico da TV de Seattle, em 94.

      2. PUNK

      Um Jingle Bells para agradar aos fãs de pós-punk:

      Vale lembrar:

      A clássica banda X fez uma versão bem punk para o clássico natalino Santa Claus Is Coming To Town, em 2009. O resultado é este daqui:

      Outro clássico do punk, o Bad Religion também provou que rock e músicas natalinas combinam demais. É só ouvir essa versão de O Come, O Come Emmanuel, do improvável disco Christmas Song, de 2013.

      Merry Christmas (I Don’t Want To Fight Tonight), um dos grandes sucessos do Ramones, sequer foi lançada no final do ano. Mas graças à sua temática, entra nessa lista como um dos grandes momentos da fusão do rock com as músicas de Natal.

      Já o Green Day mostrou sua mistura de pós-punk e sininhos de Natal com Xmas Time Of The Year. A música, lançada em 2015, foi um sucesso.

      3. Hard Rock

      Por um natal cheio de riffs cabulosos de guitarra e viradas de bateria.

      Vale lembrar:

      O clássico nalatino White Christimas foi tocado num momento de zoeira durante um show do Kiss, em 1987. A versão a capella agradou tanto que até hoje é lembrada entre os cabeludos de plantão nessa época do ano.

      A injustiçada Christmas Time acabou flopando, apesar de a irreverência e o bom humor do The Darkness combinarem tanto com o tom “breguinha” e debochado que geralmente embala as versões roqueiras de natal.

      4. Metal

      O inventivo Charlie Parra é um guitarrista peruano e youtuber, e um dos nomes mais buscados quando o assunto é a mistura de músicas nalatinas com riffs do metal. Vale conferir as clássicas Santa Claus Is Coming To Town e Joy To The World em versões pra headbanger nenhum botar defeito.

      Vale lembrar:

      O artista brasileiro Val Andrade foi convidado pelo Iron Maiden a fazer um “cartão de Natal” dedicado aos fãs da banda. O artista publicou suas animações inspiradas no universo de Eddie nas redes sociais, chamando a atenção da banda. Os gringos podem não ter percebido, mas o brasileiro botou algumas referências no vídeo que a gente manja bem – tipo a camisa do São Paulo, que aparece em uma das cenas.

      BÔNUS TRACK

      Para fechar, o encontro inesquecível dos saudosos David Bowie e Bing Crosby, cantando as clássicas The Little Drummer Boy e Peace On Earth, em 1977.

      Ouvir a voz do Freddie Mercury é sempre bom. Melhor ainda é conferir a música que o Queen lançou especialmente para o Natal de 1984, Thank God It’s Christmas:

      E o clássico dos clássicos, So This Is Christmas (War Is Over), interpretado pelo inesquecível John Lennon:

      Curtiu? Lembrando que você pode tocar suas próprias versões de músicas natalinas para fazer bonito nas festas de final de ano! O Leo Eymard te mostra aqui como faz.