Notificações Amigos pendentes

      Cifra Club News

      Baterista dos Stones diz que ‘não ligaria’ se a banda acabasse

      2 de março de 2018 14:00 Por Damy Coelho

      O baterista dos Rolling Stones, Charlie Watts, deu uma entrevista polêmica ao The Guardian nesta semana. O músico falou abertamente sobre suas pretensões com os Stones e ainda levantou uma opinião controversa sobre o ídolo David Bowie. Eita!

      Aos 76 anos e contando mais de 50 anos (!) de carreira com os Stones, o músico foi bem sincerão ao ser questionado sobre o futuro da banda:

      Eu amo tocar bateria e eu amo tocar com Mick, Keith e Ronnie, não sei o resto. Mas não me incomodaria se o Rolling Stones dissesse ‘é isso… acabou’.

      Segundo ele, o importante é que a banda acabe bem, sem conflitos entre os integrantes – algo até comum nas grandes bandas de rock.

      Mesmo tendo reduzido drasticamente a agenda de shows e sem longas turnês, os Rolling Stones continuam bastante ativos: em 2016 lançaram o álbum Blue & Lonesome, com versões repaginadas de grandes clássicos da música. O single com mais destaque foi Ride ‘Em on Down, com clipe estrelado pela atriz Kristen Stewart.

      “UM CARA QUERIDO”

      Watts ainda deu uma opinião polêmica sobre David Bowie. Segundo ele, o músico não era esse “gênio todo”:

      As pessoas ficariam tristes, obviamente. Ele era um cara querido e escreveu algumas músicas boas. Mas para mim, ele não era esse gênio musical todo.

      Charlie Watts causando! Você concorda com ele?