Notificações Amigos pendentes

      Cifra Club News

      Músicos lamentam morte da vereadora Marielle Franco

      15 de março de 2018 14:31 Por Damy Coelho

       

      A trágica morte da vereadora Mariella Franco nesta quarta (14) causou comoção em todo o Brasil. Pelas redes sociais, muitos músicos se indignaram com o brutal assassinado da ativista, que foi morta a tiros no Rio de Janeiro.

      Caetano Veloso, Emicida, Marília Mendonça, Margareth Menezes, Dinho Ouro Preto, Daniela Mercury, Maria Gadú, Zélia Duncan, Karol Conka, Elza Soares e Pitty foram alguns dos artistas que se manifestaram nas redes sociais.

       

      Maria Gadu:
      “esse ato covarde nao vai calar sua voz, irmã!!!! luto profundo. marielle franco, vereadora do rio de janeiro, lutadora da paz, da dignidade foi brutalmente alvejada essa noite. #ripmarielle”

      Zélia Duncan:


      Marielle…votei em você convicta e sempre que te encontrava numa passeata, te abraçava e confirmava meu voto. Fora as tantas aparições suas, sempre lutando por uma vida digna para todos. Obrigada por me ensinar coragem e orgulho de sermos mulheres. Um vazio frio no peito… vou guardar sua luta e seu sorriso pra sempre. Por hoje, choro… #nãovãosilenciarmarielle

      Karol Conka:


      A vereadora Marielle Franco e seu motorista, foram executados no Rio enquanto milhares de Brasileiros sonham com a igualdade, segurança e empatia. Que suas almas encontrem a luz e que a força cresça em cada um de nós pois, vivemos num mundo adoecido e não será fácil concluir nossas missões! #lutoMarielleFranco #paz #direitodeviver #força #naofoiassalto

      Daniela Mercury:


      Ela morreu, mas o amor será sempre a forma de luta dos fortes! Estamos chorando sua morte e nos conectando com seu amor pela vida. #lutopormariele #marielefrancopresente #marielefranco #amor #direitoshumanos

      MC Carol:

      Estou buscando palavras, pq eu só sinto ódio, só sinto raiva e mt medo, realmente, eu nao sei o que falar, mas do que nunca eu estou me sentindo oprimida e fraca, eu tinha tantos planos esse ano… e agr eu só tenho lagrimas e pavor.
      Marielle e Taliria me encorajaram, a lutar, a ser mais forte, elas estiveram na minha casa, onde conversamos por horas, sobre meus medos, minhas dúvidas etc.. eu estava tao segura, tao esperançosa dps de conversar com elas, hoje eu só sinto medo, eu sempre senti na verdade, por ser negra, por morar no morro, por andar a noite na rua, por ser mulher, por cantar funk principalmente “Delação premiada”, mas alguma coisa me dava força e esperança la no fundo, algo me dizia que eu tinha que fazer, que eu tinha que gritar e falar msm, que eu podia, mas hoje eu tenho certeza que nada te proteje independente de quem voce seja, se voce for negro e lutar pelos negros, vc sempre acaba EXECUTADO!!!

      Pitty:

      Absurdo. Luta é o feminino de luto.

      Karol Conka:

      A vereadora Marielle Franco e seu motorista Anderson Pedro Gomes, foram executados no Rio enquanto milhares de Brasileiros sonham com a igualdade, segurança e empatia.
      Que suas almas encontrem a luz e que a força cresça em cada um de nós pois, vivemos num mundo adoecido e não será fácil concluir nossas missões!

      Elza Soares, a “Mulher do Fim do Mundo” e eleita cantora do milênio pela BBC, publicou uma das mensagens mais emblemáticas: “Das poucas vezes que me falta a voz. Chocada. Horrorizada. Toda morte me mata um pouco. Dessa forma me mata mais. Mulher, negra, lésbica, ativista, defensora dos direitos humanos. Marielle Franco, sua voz ecoará em nós. Gritemos”.