Notificações Amigos pendentes

      Cifra Club News

      Luthier usa bambu para criar instrumentos ecologicamente corretos

      22 de maio de 2018 10:33 Por Gustavo Morais

      De uns tempos pra cá, as leis ambientais estão cada vez mais rigorosas e com destaque na grande mídia. Por determinação da convenção sobre o Comércio Internacional das Espécies da Fauna e da Flora Selvagens Ameaçadas de Extinção (CITES), em 2017, por exemplo, entrou em vigor uma lei que limita o comércio da madeira rosewood, uma das mais usadas na fabricação de guitarras.

      Diante do declínio da disponibilidade de madeiras tropicais e da rigidez da legislação, o setor se viu na obrigação de procurar alternativas. A Fender, por exemplo, tem usado a madeira pau ferro como matéria prima para construir alguns instrumentos. Por sua vez, as guitarras da Wallace Detroit Guitars têm como marca registrada o uso madeira de demolição. Inspirado na causa sustentável, o luthier francês Jean-Yves Alquier descobriu no uso do bambu uma ótima opção para criar instrumentos ecologicamente corretos.

      Segundo o site GuitarloadAlquier passou cinco anos pesquisando madeiras para usar na produção de instrumentos. Os estudos do francês indicam que guitarras e baixos feitos em bambu “apresentam excepcional qualidade acústica, além de durabilidade e estética comparáveis às da madeira tropical”. Além do mais, mesmo sendo submetido aos processo de produção, transporte e transformação industrial, o bambu é neutro em dióxido de carbono, o CO2.

      Dê o play e confira a performance de uma guitarra feita com bambu:

      Como matéria prima da parte de hardware, a maioria das fabricantes de guitarra usa níquel e cromo, metais cujos tratamentos de superfície podem contribuir para a poluição do meio ambiente. Como alternativa sustentável, Alquier usa metais não tóxicos, como titânio ultraleve ou o chamado aviation grade aluminum.

      Veja mais fotos de instrumentos desenvolvidos pela Alquier:

      Apesar de serem saudáveis para a ecologia, as guitarras ainda não estão no mercado. Para alavancar os processos de produção, inclusive, o luthier lançou uma campanha de financiamento coletivo no site Kickstarter. Mais informações, você encontra no site da Alquier Guitars.