Notificações Amigos pendentes

      Cifra Club News

      Músico carioca recria clássico do Queen em versão orquestral; confira

      12 de novembro de 2018 7:31 Por Gustavo Morais
      <

      Metalviolin faz música erudita e “não erudita” (Foto/Divulgação)

      Considerada um dos maiores clássicos do rock de todos os tempos, “Bohemian Rhapsody”, do Queen, ganha uma roupagem completamente nova no arranjo orquestral do Metalviolin. Muito além do gênero presente no nome, o projeto liderado pelo violinista carioca Thiago Teixeira busca misturar a música erudita e “não erudita” através de virtuose e originalidade.

      Em sua versão, Teixeira é acompanhado por Ciro Magnani [piano] e um trio de cordas formado por: Maressa Carneiro (violino), Diego Silva (viola) e Daniel Silva (cello). Em comunicado enviado à imprensa, o violinista  comenta sobre a reinventar uma das músicas mais importantes do rock.

      Desde o início do Metalviolin, sempre tive o objetivo de criar um formato que pudesse ser levado ao público, fazer música ao vivo com amigos é algo que sempre fez parte da minha vida e não via a hora de colocar isso em prática com o Metalviolin. ‘Bohemian Rhapsody’ marca o início dessa nova etapa. Traremos, em princípio, versões de músicas que amo… Na verdade, eu e um bocado de gente. Mas vai ser pelo meu ponto de vista, com minhas impressões, nesse novo formato

      Originalmente lançada no álbum ”A Night at the Opera”, em 1975, a faixa já tinha uma aura próxima à música erudita, composta em movimentos – assim como uma sinfonia – indo da ópera ao hard rock, passando por um solo de guitarra marcante. A canção ganha novo destaque ao dar nome para a cine-biografia da banda britânica que está bombando nos cinemas.

      Dê o play e confira o resultado: