Notificações Amigos pendentes

      Cifra Club News

      5 guitarras incríveis feitas com matéria-prima inusitada

      11 de janeiro de 2019 9:48 Por Gustavo Morais

      Em tempos de crise e de legislações que restringem uso de determinadas madeiras como matéria-prima, a inovação tem sido um baita diferencial no mercado de guitarras. Diante de tal cenário, os caras que mitam na hora de fazer artesanato se destacam. Como botamos fé nessa modalidade de negócios, listamos algumas das mais belas guitarras feitas de forma artesanal.

      1. Guitarra com raiz na medicina

      Disposto a ter em mãos um instrumento exclusivo, o músico amador polonês Maciej Walaszek criou uma guitarra com depressores linguais de madeira, que nada mais são do que os famosos palitinhos que os médicos usam para examinar a boca e a garganta de pacientes.

      Instrumento une beleza e boa qualidade (Foto/Facebook)

      Com seis meses de trabalho, 1300 palitinhos, lixas, plainas e ferramentas manuais de carpintaria, Walaszek desenvolveu uma guitarra singular. Além do design impressionante, o instrumento tem como destaque a ergonomia e a sonoridade, conforme você pode conferir no vídeo abaixo.

      2. A guitar ecologicamente correta

      As guitarras da Wallace Detroit Guitars têm como marca registrada o uso madeira de demolição. Inspirado na causa sustentável, o luthier francês Jean-Yves Alquier descobriu no uso do bambu uma ótima opção para criar instrumentos ecologicamente corretos.

      Instrumento une beleza e boa qualidade (Foto/Facebook)

      Alquier passou cinco anos pesquisando madeiras para usar na produção de instrumentos. Os estudos do francês indicam que guitarras e baixos feitos em bambu “apresentam excepcional qualidade acústica, além de durabilidade e estética comparáveis às da madeira tropical”. Além do mais, mesmo sendo submetido aos processo de produção, transporte e transformação industrial, o bambu é neutro em dióxido de carbono, o CO2.

      3. Pra fazer o cabaré pegar fogo

      luthier americano Dean Fraser brindou o “universo das seis cordas” com a Fraser Marie, uma bela Stratocaster construída com palitos de fósforo.

      Luthier gastou 40 mil palitinhos e 18 anos de trabalho para criar a strato (Foto/Facebook)

      A parte estrutural da guitarra é 100% feita com palitos de fósforo, isto é, somente a parte eletrônica e as tarraxas são de outros materiais. Segundo Fraser, 40 mil palitinhos foram usados na construção do instrumento. Ainda de acordo com o luthier, a Fraser Marie demorou 18 anos para ficar pronta.

      4. Perfeita pra natureza e também pro bolso

      Comandando os inovadores e engajados trabalhos da Lutheria de Pobre, o brasileiro Jônatas Kerr de criou a Estradocaster, uma guitarra 100% sustentável. Como matéria-prima para construir a guitarra, Jônatas usou estrado de cama, pallet e outras madeiras encontradas na rua. Com as demais peças, o luthier gastou uma irrisória quantia que beira os R$ 100.

      Custos da Estradocaster não passam de R$ 100 (Foto/Luthieria de pobre)

      Se você deseja conhecer um pouco mais sobre o incrível trabalho de Jônatas Kerr, não deixe de acompanhar a página da Luthieria de Pobre no Facebook. Que perca a primeira palheta, ou quebre a primeira corda, quem não ficou curioso para ouvir como a guitarra soa! Dê o play e confira o resultado:

      5. A mágica do voo colorido

      Nesta semana, o YouTuber e artesão Burls Art ganhou os holofotes com sua mais nova invenção. Esbanjando criatividade, o cara construiu uma guitarra com 1200 lápis de cor.

      Guitarra é uma verdadeira peça de arte (Reprodução/YouTube)

      Num primeiro momento, ele organizou os lápis em uma caixa e usou resina para uni-los. Depois de esculpir a forma e direcionar os espaços para as partes de hardware, eletrônica e captadores, Burls Art aplicou cinco demãos de esmalte para manter o acabamento intacto.

      Já que o mercado de guitarras entrou em 2019 de forma bastante otimista, os modelos acima podem servir de inspiração para que você elabore seu próprio instrumento. Afinal de contas, a vida com música fica ainda mais bela. #PorUmMundoComMaisGuitarras