Notificações Amigos pendentes

      Cifra Club News

      “Rapidíssimas”: confira os assuntos musicais mais quentes desta semana

      25 de janeiro de 2019 7:29 Por Gustavo Morais

      Todos os dias, várias coisas legais agitam o meio musical. Para que você não fique boiando no meio de tanta informação, chegou a hora de conferir, aqui na coluna “Rapidíssimas”, o nosso boletim sobre os rolês que bombaram ao longo desta semana. Se liga só no papo reto.

      1.Presente pro crush metaleiro

      No dia 20 de janeiro de 1982, Ozzy Osbourne arrancou a cabeça de um morcego que foi jogado no palco por um fã, na cidade norte-americana de Des Moines.Para comemorar com muito bom humor as quase quatro décadas do acontecimento, o “Príncipe das Trevas” lançou um morcego de pelúcia que vem com uma cabeça que pode ser separada do resto do corpo.

       

      O brinquedo está à venda no site oficial do gigante do metal e custa US$ 40 (aproximadamente R$ 150). “Dê vida ao lendário momento da história do rock com este morcego de pelúcia, com o logotipo Ozzy Osbourne e uma cabeça removível com velcro”, diz a descrição do produto.

      2. Desfalque de peso

      Dinho Ouro Preto desistiu de participar do show gratuito que o Charlie Brown Jr. fará amanhã, em São Paulo. Via redes sociais, Dinho explicou que tirou o time de campo em razão do clima pesado entre a banda e o ex-guitarrista Thiago Castanho, que compôs, produziu e excursionou com o Capital Inicial.

      Entre o filho de Chorão e o amigo Thiago, Dinho fez sua escolha (Foto/Internet)

      Em um trecho de seu textão, o vocalista alega que Thiago é um de seus “melhores amigos. eu tava a fim de fazer esse show de amanhã. mas começou a rolar o maior bate boca entre eles. a maior bad vibe. a maior treta”, publicou. Apesar de não colar no rolê, Dinho incentivou a galera a prestigiar o show.

      Você concorda com a volta do Charlie Brown? Participe da nossa enquete! 

      3. É tudo delas

      Maiara e Maraisa acabaram de lançar mais um vídeo do DVD “Reflexo”. Dessa vez, foi disponibilizado no canal oficial do YouTube o vídeo da faixa “Jogo é Jogo”.

      As irmãs comemoram os bons resultados do novo trabalho. A faixa “Não Abro Mão, lançada há uma semana, está em 1° lugar em execução nas rádios do Brasil, segundo a ConnectMix Top Musical e também ocupa o primeiro lugar do ranking da Billborad Brasil.

      4. Gente que faz

      Roger Waters usou seu jato particular para reunir uma mãe e dois filhos, que não se viam desde 2014. Ayyub (7) e Mahmud Ferreira (11) foram separados da trinitária-tobagense Felicia Perkins-Ferreira pelo pai, Abebe Oboi, um soldado do Estado Islâmico que levou as crianças para morar com ele na Síria. Com a morte de Abebe, em 2017, após um confronto no centro-norte da Síria, as crianças foram abandonadas na beira de uma estrada.

      Roger é ativismo em forma de música (Foto/Divulgação)

      A bordo de seu jato e contando com a ajuda de uma advogada britânica dos direitos humanos, Waters levou Felicia do Caribe até a fronteira do Iraque e promoveu o encontro entre mãe e filhos. O músico também fez um pedido formal para que a República de Trindade e Tobago aceitasse os irmãos de volta e emitisse para eles passaportes novos.

      5. De olho na cena gringa

      Com produção musical do uruguaio Cabrera, Ludmilla entra em estúdio para gravar um projeto inédito de funk com foco na carreira internacional. Nesse primeiro momento, a dupla quer levar o funk, o Brasil e o português para os latinos.

      Cabrera, Wagner e Ludmilla formaram o bonde do funk latino (Foto/Divulgação)

      A primeira música gravada é “Rainha da Favela” e contará com o vocal em português. Para a versão “Reina de lá Favela”, um grande nome da música latina irá dividir os vocais com Ludmilla, porém o nome será revelado em breve. O single será lançado ainda nesse semestre pela Warner Music.