Notificações Amigos pendentes

      Cifra Club News

      Exclusivo: compositor Juliano Tchula fala sobre carreira, Ecad e mais

      7 de março de 2019 11:04 Por Gustavo Morais

      Um incontável número de hitmakers abastece a riqueza da música brasileira popular. Neste quesito de compositores, um dos caras mais emblemáticos da atualidade é Juliano Gonçalves Soares, o popular Juliano Tchula. Ele tem 34 anos e é natural de Rubiataba, uma pequena cidade do interior de Goiás. Acostumado a lutar pelos seus sonhos desde cedo, Tchula trabalhou como operador de máquinas em uma usina de álcool local. O início dos trabalhos como compositor, entretanto, começou aos 20 anos de idade.

      Juliano Tchula, hitmaker brasileiro

      Juliano Tchula, um verdadeiro hitmaker da música brasileira popular (Foto/Instagram)

      Em 2012, Tchula largou tudo e foi para Goiânia, capital do sertanejo universitário, com o propósito de ganhar a vida com suas composições. A primeira música de alcance nacional foi lançada dois anos antes, na voz do saudoso Cristiano Araújo. Naquele já distante 2010, o Brasil inteiro cantou “Não Sei Me Controlar”. De lá pra cá, o compositor já escreveu mais de 500 canções e emplacou um oceano de hits nas paradas de sucesso.

      Ouça 10 hits que levam a assinatura de Juliano Tchula

      Nesta semana, tivemos o prazer de conversar e aprender um pouco com esse compositor fantástico. Ao longo do bate papo, Tchula falou sobre carreira, objetivos e música. Confira a resenha sensacional que trocamos com esse personagem importantíssimo para a indústria fonográfica.

      Pepato, Tchula e Marília Mendonça, trinca de ouro

      Eduardo Pepato, Tchula e Marília Mendonça, trio de ouro (Foto/Instagram)

      CCN: parabéns pelo sucesso, Tchula! Você faz ideia de mais ou menos quantos hits já emplacou nas paradas?

      Juliano Tchula: obrigado pelos parabéns, e parabéns pelo trabalho de vocês também! Graças a Deus, eu acertei muitas. Nunca parei pra calcular o número exato, muita gente pergunta e eu não sei responder! As vezes fico debatendo com amigos se essa ou outra música minha foi sucesso, porque de dentro é difícil apontar [risos].

      CCN: Você aparece em três dos rankings mais importantes do Ecad, em relação a 2018. Qual o segredo para manter o alto nível nos próximos anos?

      Tchula: viu lá que honra? Jamais imaginei isso na vida! Me pegou de surpresa, ainda mais estando junto nessa lista com a minha principal parceira de composição, Marília Mendonça, a quem sou muito grato por acreditar em mim. Acho que o segredo para se manter no topo é justamente não pensar em se manter lá, compor por amor e não pensando no mercado, como sempre fiz! Isso vem me colocando em lugares inimagináveis!

      Tchula é um dos campeões do Ecado

      Segundo dados do Ecad, eis oranking das músicas do Tchula mais tocadas em rádios nos últimos 5 anos (Imagem/Ecad)

      CCN: a lista de pesos pesados que já gravaram uma composição assinada por você é imensa! Mas diz aí, Tchula: quem você quer muito que grave uma música sua, mas ainda não rolou?

      Tchula: sim, graças a Deus, disso não posso reclamar. Já gravei com grandes nomes e até nomes fora do sertanejo. Mas dessa geração, eu gostaria muito de gravar com o Luan Santana. Tô batendo na trave, compondo junto com ele, uma hora sai!

      CCN: Falando um pouquinho sobre composições… Como funciona seu processo? Você segue alguma receita ou algum padrão?

      Tchula: hoje em dia, cada um segue um padrão, mas o meu vem muito da forma que comecei! Vem algo do coração mesmo, eu passo pro papel. Por isso que brinco que tá difícil eu compor algo mais “bobinho”, porque eu tenho que entrar na história da música de cabeça. Por isso, raramente eu faço uma música mais engraçada.

      Dê o play e confira o vídeo de mais um grande hit escrito por Tchula:

      CCN: E há algum segredo ou truque para “pescar” ideias para composições?

      Tchula: ah, eu fico antenado no que as pessoas falam, no cotidiano, nas histórias de amigos e nas minhas próprias histórias. Não aconselho ficar pegando algo de internet, ou você estará pegando atalhos e ainda corre o risco de ver várias musicas com o mesmo tema da sua.

      CCN: quantos instrumentos você toca? E qual deles é o seu favorito para compor uma canção?

      Tchula: não toco nenhum, acredita? [risos] Eu faço a melodia e a letra de cabeça. Fiz aulas de violão no início, mas eu sou muito preguiçoso. Se eu focasse em aprender um, com certeza seria guitarra e piano.

      Aprenda a tocar alguns sucessos assinados por Tchula:

      CCN: podemos esperar um disco do Juliano Tchula ou o teu lance realmente é o trabalho como compositor?

      Tchula: se eu começar a cantar, você corre [risos]. Eu não nasci pra cantar, cara. Eu vou ficar só compondo mesmo e se eu ver milhares de pessoas cantando minhas composições, com certeza eu fico mais feliz de ouvir as minhas composições nas vozes deles do que ouvir a minha, meu dever vai estar cumprido.

      Marília Mendonça e Juliano Tchula, num momento descontraído

      Tchula num momento de irreverência com Marília Mendonça, sua grande parceira de trabalho (Foto/Instagram)

      E se você curtiu esta conversa inspiradora com o Tchula, amigo leitor, que tal comentar e espalhar o link da entrevista nas suas redes sociais. Assim como nós, muita gente pode aprender com esse cara que tanto manja do assunto ;)