Notificações Amigos pendentes

      Cifra Club News

      Conversamos com músico brasileiro que tocará no festival do Clapton

      2 de abril de 2019 7:50 Por Gustavo Morais

      Capitaneado por Eric Clapton, um cara que dispensa qualquer apresentação, o “Crossroads Guitar Festival” é um evento de caráter beneficente. O festival é em pró do “Crossroads Center”, um centro de tratamento de drogas em Antigua, fundado por Clapton.

      Os shows mostram o talento de guitarristas dos mais variados estilos e técnicas. E sabe o que deixa o evento ainda mais autêntico? O fato de que Eric Clapton seleciona quem vai participar da festa.

      A quinta edição do “Crossroads Guitar Festival” foi anunciada na semana passada. O evento vai rolar nos dias 20 e 21 de setembro, em Dallas, no Texas. Em cena, Clapton reunirá Jeff Beck, Vince Gill, Susan Tedeschi, Gary Clark Jr., Buddy Guy, James Bay, entre outros representantes do passado, do presente e do futuro da guitarra.

      Crossroads Guitar Festival, evento beneficente de Eric Clapton

      Guitarristas brasileiros fazem parte do elenco estelar selecionado por Clapton (Foto/Divulgação)

      Que a lista acima é demais, ninguém tem a audácia de duvidar. Mas e esse cartaz de divulgação oficial? Você viu nomes familiares? É isso mesmo, amigo leitor! Para o orgulho da música brasileira, dois “músicos nossos” vão marcar presença no evento! Estamos falando de Daniel Santiago e de Pedro Martins, dois caras que enobrecem a força da guitarra brasileira.

      Pedro Martins e Daniel vão tocar no festival de Eric Clapton

      Pedro Martins e Daniel Santiago representarão a música brasileira no “Crossroads Guitar Festival” (Foto/Divulgação)

      Nós aqui do Cifra Club News tivemos o prazer de conversar com Daniel Santiago, o experiente músico que conta 40 anos de idade. Com bastante simpatia e rara humildade, Daniel falou sobre carreira e dos preparativos para o “Crossroads Guitar Festival”.

      Cifra Club News: vamos começar falando de sua carreira. Conta pra gente um pouquinho sobre seu trabalho?

      Daniel: comecei a tocar muito novo, aos 7 anos, inclusive nessa época vi o show do Eric Clapton em Brasília, no começo dos anos 90. Na minha adolescência tive banda de metal, mas aos 16 anos despertei pra música brasileira e para o jazz. Aí, ao longo dos anos, tive a sorte de gravar e tocar com grandes nomes, como Hamilton de Holanda, João Bosco, Milton Nascimento, Ivan Lins, entre outros tantos grandes artistas brasileiros e estrangeiros. Como produtor e compositor, contribui bastante com a fase mais recente d’O Teatro Mágico. Atualmente, estou no meu quarto álbum solo.

      Dê o play e ouça uma faixa do disco mais recente de Daniel Santiago:

      CCN: o Crossroads mostra ao público apresentações e jams dos mais lendários guitarristas do mundo. Você pode dar um spolier se vai rolar de fazer um som com alguma fera?

      Daniel: imagino que sim, mas ainda não sabemos desses detalhes. Mas sempre rola uma jam final!

      CCN: como você recebeu o convite pro evento?

      Daniel: meu querido amigo, o genial Pedro Martins, que faz parte da banda de Kurt Rosenwinkel, recentemente lançou o álbum “VOX”, que saiu pelo selo de Kurt. O selo teve apoio do Eric Clapton, que inclusive participou do disco mais recente do Kurt, o “Caipi Band”. Pedro e eu já temos alguns trabalhos juntos, mas um mais recente, chamado “Simbiose”, fez Eric me conhecer e me convidar também. O Pedro me deu essa notícia e quase cai pra trás!

      Ouça uma música do trabalho que chamou a atenção de Clapton:

      CCN: você já tem ideia de como será o roteiro da sua apresentação?

      Daniel: ainda estamos entendendo como vai ser, mas a priori faremos alguma coisa do álbum “Simbiose” e alguma solo.

      CCN: qual recado você tem pro carinha que tá começando agora, mas sonha em estar entre os gigantes?

      Daniel: sonhar é importante e correr atrás também. Porém fazer amigos e sempre estar disposto a colaborar com o outro é fundamental.

      E quem é Pedro Martins?

      Natural de Brasília, Pedro Martins é um verdadeiro músico prodígio. O cara tem 24 anos e toca guitarra, violão, teclados, bateria e ainda se arrisca com os backing vocals.

      Em 2015 foi eleito o melhor guitarrista do “Concurso de Guitarra Socar”, no 49º Festival de Jazz de Montreux, o principal evento deste tipo no mundo. Pedro foi o único brasileiro a integrar a programação do festival de competição, com mais de nove talentos do mundo da guitarra. A vitória veio do público e unanimemente entre os jurados, dos quais Kurt Rosenwinkel e John Mclaughlin faziam parte, e foi considerada uma das novas promessas dessa geração de guitarristas.

      Apesar da pouca idade, o músico tem uma experiência de veterano. Já se apresentou com Milton Nascimento, Leny Andrade, Rita Ribeiro, 5 a Seco, Ellen Oléria, Hamilton de Holanda, Antonio Loureiro, Paulinho Moska, entre outros. Como parte da trupe d’O Teatro Mágico, Pedro gravou o DVD Recombinando Atos.

      Abaixo, você confere uma performance da dupla que vai agitar o festival: