Notificações Amigos pendentes

      Cifra Club News

      #Saudades: 25 anos sem Kurt Cobain; aprenda a tocar hits do Nirvana

      5 de abril de 2019 10:55 Por Gustavo Morais

      Kurt Cobain era canhoto

      Há 25 anos, Kurt Cobain entrava para o “Clube dos 27″ (Foto/Divulgação)

      No dia 8 de abril de 1994, o músico Kurt Cobain foi encontrado morto em sua casa, na cidade de Seattle, nos EUA. Segundo as investigações oficiais, o até então líder do Nirvana cometeu suicídio no dia 5 de abril de 1994, ou seja, há exatos 25 anos. Cobain tinha 27 anos e vivia uma grande fase na carreira e também na vida pessoal, já que ainda celebrava o nascimento de sua única  filha.

      Comandando o Nirvana, Kurt Cobain foi protagonista de uma das maiores bandas já surgidas. As músicas pouco complexas, mas sempre tocadas de forma vigorosa, fizeram com que o power trio lembrasse ao mundo que o rock também é simplicidade. Em contrapartida, as letras sem esperança, mas muito bem fundamenta na filosofia niilista [alô, Freud!], deram voz às crises existenciais, frustrações, e desesperos dos jovens da década de 1990.

      Grunge do Nirvana revolucionou os anos 90

      Obra do Nirvana continua causando impacto (Foto/Divulgação)

      Além de uma manifestação de saudade, este post é um guia para que você aprenda a tocar alguns dos muitos hits do Nirvana. Prepare seu instrumento, vista sua camisa de flanela, coloque os power chords em dia e celebre a memória de uma das figuras mais icônicas da cultura pop.

      Discografia curta, porém intensa

      Apesar de ter balançado as estruturas de uma geração, o Nirvana ficou apenas sete anos em atividade. Por razões óbvias, em abril de 1994, a banda chegou ao fim.

      Entre os anos de 1987 e 1994, a banda lançou os álbuns de estúdio “Bleach” (1989), “Nevermind” (1991) e “In Utero” (1993), além da coletânea “Incesticide” (1992).

      Discos póstumos

      O icônico “MTV Unplugged in New York” foi lançado em novembro de 1994, sete meses após a morte de Cobain. De maneira póstuma, também foram lançados os registros ao vivo “From the Muddy Banks of the Wishkah” (1996), “Live at Reading” (2009), “Live at the Paramount” (2011) e “Live and Loud” (2013).

      "Unplugged", Nirvana, um álbum obrigatório

      Sempre de olho no mercado, os detentores dos direitos autorais da banda também lançaram alguns EPs e várias coletâneas, incluindo o box “With the Lights Out”, que reúne versões demos e raras do Nirvana.

      Bora fazer um som?

      Conforme visto linhas acima, o Nirvana construiu uma discografia relativamente curta. Apesar de não ser numeroso em quantidade, o material vem atravessando gerações e mantém a banda na prateleira de cima do rock. Dito isso, chegou o momento de aprender a tocar alguns dos hits atemporais do último power trio que agitou a cultura pop.

      “Come As You Are”

      Registrada no disco “Nevermind”, “Come As You Are” é meio que uma porta de entrada para quem tá começando a tocar. Dona de uma das introduções mais memoráveis dos últimos tempos, a canção conta com quatro acordes e um andamento que nos transporta para outra dimensão.

      “Smells Like Teen Spirit”

      Se fora pra definir o anos 90 em uma música, certamente, a música mais indicada é “Smells Like Teen Spirit”. Com riff matador [ok, foi inspirado em "More Then A Feeling", do Boston], a faixa abriu o disco “Nervemind” na base do “tiro, porrada e bomba”.

      “Heart-Shaped Box”

      Se for para definir “Heart-Shaped Box” em uma palavra, podemos dizer “desespero”. Trata-se de uma música sombria, soturna e desafiadora. Por mais que tenha apenas três acordes, essa música não é tão simples de tocar! As mudanças de notas acontecem a todo instante e é preciso ter muita firmeza na hora de tocar as cordas.

      E se estiver na vibe de aprender mais músicas do Nirvana, acesse a página da banda no Cifra Club. Por lá, você vai encontrar cifras, tabs e mais uma porção de videoaulas :)

      Leia também:

      Para celebrar a memória e o legado do saudoso e insubstituível Kurt, basta compartilhar o link deste post ai nas suas redes sociais! Desta forma, a gente vai mostrar ao mundo que o rock jamais se esquecerá da contribuição deixada pela música de Kurt Cobain