Notificações Amigos pendentes

      Cifra Club News

      Conheça a primeira guitarra inquebrável da história

      17 de abril de 2019 7:36 Por Gustavo Morais
      Guitarra inquebrável foi desenvolvida por empresa sueca

      Guitarra é impossível de ser destruída (Foto/Sandvik)

      A empresa sueca Sandvik Coromant divulgou, nesta semana a primeira guitarra inquebrável da história. O instrumento tem o corpo de titânio, impresso em 3D, juntamente com um braço construído em aço hiper-duplex.

      Para desenvolver o projeto, a Sandvik reuniu especialistas, das mais diversas áreas de atuação. A ideia era entender como eles poderiam usar tecnologias sustentáveis para criar um instrumento de qualidade e incrivelmente durável.

      Como resultado final, a empresa desenvolveu um produto sustentável, de alta performance e inquebrável. Neste post, você vai conhecer os processos de criação e, principalmente, o timbre da guitarra mais poderosa da atualidade.

      A anatomia da guitarra inquebrável

      O corpo da guitarra foi fabricado com pó de titânio e usando uma máquina de Sinterização Direta a Laser de Metal (DMLS). “Isso proporcionou ao corpo uma estrutura mecanicamente forte e complexa, com camadas microscopicamente finas de pó de titânio fundidas usando laser”, diz os desenvolvedores.

      Além disso, os botões de volume e arremate da guitarra também foram criados através da impressão 3D. Por suas vezes, o headstock e o braço do instrumento foram construídos a partir de um único bloco sólido de aço inoxidável.

      Confira um vídeo de apresentação do instrumento:


      Amelie Norrby, engenheira de manufatura aditiva da empresa, revelou que a guitarra é resistente e sustentável. Segundo ela, o instrumento foi desenvolvido com uso de tecnologia inovadora:

      A manufatura aditiva nos permite construir projetos altamente complexos em pequenas séries de produção. Ela nos permite criar componentes mais leves, resistentes e flexíveis com estruturas internas que seriam impossíveis de quebrar. E é mais sustentável porque só usamos o material necessário para o componente, minimizando o desperdício

      Os engenheiros da Sandvik eliminaram a articulação entre o braço e o corpo. Em vez disso, as duas partes da guitarra foram feitas em uma barra sólida de aço inoxidável reciclado. Este tipo de tecnologia nunca havia sido experimentada antes.

      Construção da guitarra inquebrável

      Desenvolvedores capricharam na hora de montar a guitarra (Foto/Sandvik)

      Componentes longos e finos, como o braço e headstock, por exemplo, são particularmente vulneráveis à deterioração. O software avançado permitiu que a Sandvik simulasse a aplicação de uma fresagem [técnica aplicada para restaurar superfícies deterioradas] digital antes do primeiro corte, permitindo a escolha correta das ferramentas, economizando tempo de fabricação e garantindo processos eficientes.

      “A precisão foi fundamental”, disse Henrik Loikkanen, desenvolvedor de processo de usinagem da Sandvik. “Nosso software é construído com base em anos de experiência, oferecendo ferramentas e recomendações de dados de corte que nos ajudaram a transformar o fretboard em uma espessura de 1 milímetro em alguns lugares”, acrescentou.

      O teste definitivo

      Antes de construir a guitarra, a Sandvik simulou potenciais forças de impacto da mesma maneira que os fabricantes de carros testam digitalmente novos modelos. Apesar dos resultados satisfatórios, o instrumento precisava passar pela fúria de quem realmente entende do riscado. Sendo assim, para testar a invenção de forma definitiva, a Sandvik convocou o guitarrista Yngwie Malmsteen.

      Yngwie Malmsteen testou a guitarra de forma definitiva

      Yngwie Malmsteen fez o teste final da guitarra (Foto/Sandvik)

      Além de ser um dos músicos mais técnicos do mundo, Yngwie é especialista em quebrar guitarras.

      Quando eu tinha sete anos de idade, vi Jimi Hendrix destruir uma guitarra na TV. Então comecei a tocar guitarras para poder arrebentá-las. Devo ter destruído mais de cem delas!

      O teste aconteceu durante um show, na Flórida. Depois de tocar várias músicas, Malmsteen começou a bater a guitarra em amplificadores, nas estruturas do palco, no chão, ou seja, ele não mediu esforços para destroçar o instrumento. Depois do que ele descreveu como uma “luta de boxe, de 12 rounds”, o guitarrista não conseguiu quebrar a guitar. Além de reconhecer a derrota, o músico não poupou elogios à “oponente”:

      “Essa guitarra é uma fera! A Sandvik fez um trabalho esplendido, cujo resultado é fantástico. Tentei tudo que pude, mas foi impossível quebrar a guitarra”.

      Confira “a luta de boxe” que Yngwie travou com a guitarra:

      Após uma reflexão sobre as cenas acima, só podemos chegar a uma conclusão: nem mesmo uma trica formada por Yngwie Malmsteen, Jimi Hendrix e Pete Townshend, os três maiores quebradores de guitarras de todos os tempos, seria capaz de destruir a guitarra da Sandvik.

      Guitarra sueca passou até pelo testo de  Yngwie Malmsteen

      Será que o guitarra de aço é a nova tendência (Foto/Sandvik)

      E se você curte a relação que há entre fabricação de instrumentos musicais e novas tecnologias, saiba que temos umas indicações de leitura! Se clicar aqui, você conhecerá a história da guitarra sustentável. Já neste link, o assunto são guitarras construídas com matéria-prima “diferentona”. Também não podemos nos esquecer de te falar sobre a guitarra de espuma.

      Será que o mercado está pronto para a guitarra de aço? Conta pra gente a sua opinião! Ah, contamos com sua ajuda para espalhar este post por aí! Temos certeza de que a galera vai curtir conhecer um pouco mais sobre esse instrumento fascinante ;)