Notificações Amigos pendentes

      Cifra Club News

      Confira as melhores dicas de como comprar o seu primeiro violão

      22 de maio de 2019 11:35 Por Gustavo Morais
      As opções de violões são muitas

      Não entre em uma loja de violões antes de ler este post (Foto/Internet)

      Ah, o violão! Das noites de insônia, passando pelas horinhas que antecedem uma prova importante e mitando nas festinhas com a galera, esse instrumento musical de origem espanhola é o companheiro ideal.

      Se você chegou até aqui, certamente está interessado em comprar seu primeiro violão. O passo seguinte, como podemos imaginar, já está definido: ficar ligado nas videoaulas do Cifra Club ;) Mas e aí? Qual instrumento comprar? Quais características analisar antes de escolher um violão? Há diferenças nas cordas, nos tamanhos, etc e tal? Vale a pena investir em um equipamento usado?

      Neste post, vamos responder todas as perguntas acima. Depois que acabar a leitura, você terá um direcionamento bem bacana para fazer sua compra e ter em mãos o tão desejado violão.

      Vamos nessa?

      Cordas de aço ou cordas de nylon?

      Essa é uma das principais análises que você deve fazer antes de comprar o seu violão! Ter um instrumento que não atende as suas expectativas, inevitavelmente, vai te deixar muito desmotivado. Nesse cenário de escolhas, as características particulares das cordas são determinantes para que você tenha exatamente a sonoridade desejada. Dito isso, vamos analisar cada tipo de corda:

      Nylon

      Os violões com cordas de nylon são bastante versáteis. Se encaixam bem para quem quer tocar música clássica, MPB, samba e estilos de música parecidos.

      Violão com cordas de nylon é um ótimo instrumento de entrada

      Violão com cordas de nylon é mais indicado para iniciantes (Foto/Pexels)

      No Brasil, esse tipo de instrumento costuma ser o preferido de quem está literalmente começando a tocar. Trata-se de um violão que vai machucar menos os dedos, sobretudo nessa fase inicial de estudos. Apesar desse conforto todo, pense nas músicas e nos estilos de música que você deseja tocar, ou seja, se o seu lance for rock and roll, reflita bem antes de fazer a sua escolha.

      Aço

      As cordas de aço dificultam um pouco a fase inicial dos estudos, pois os dedos serão “bem mais castigados”. Como tem mais brilho na sonoridade, esse tipo de violão acaba sendo escolhido por muita gente. São indicados para quem quer tocar rock, pop rock, sertanejo ou em grupos de louvor da igreja.

      Violão com corda de aço é pra quem tem uma pegada mais rock and roll

      Violão com cordas de aço podem deixar o aprendizado mais doloroso (Foto/Pexels)

      Se escolher um violão com cordas de aço, não se esqueça de levar em conta a ergonomia. Os modelos folk e jumbo, por exemplo, são maiores e mais pesados e acabam sendo desconfortáveis para quem vai passar longas horas estudando.

      Nunca inverta as cordas

      Se por um caso você comprou um violão de nylon, mas quer trocar por cordas de aço… Esqueça essa ideia. Se fizer essa troca, o seu instrumento pode ser bastante danificado. Além de empenar, as tarraxas podem estragar, o cavalete corre o risco de ser arrancado e ainda tem os quase irreversíveis danos no tampo.

      O contrário também não é recomendável, pois os estragos são praticamente os mesmos. Sendo assim, nem pense em colocar cordas de aço em um violão de nylon. Não mutile seu instrumento musical :)

      Novo versus usado

      Eis uma questão que depende de diversos fatores. É preciso levar em conta o orçamento para investir, procedência do instrumento, as características que você procura, entre outros fundamentos. A seguir, um panorama sobre cada estado de compra de um violão.

      Novo

      Você terá garantias e possibilidade de troca, em caso de uma eventual insatisfação. Além do mais, poderá parcelar o pagamento e terá mais segurança para fechar a compra. Ah, e não podemos nos esquecer de que o seu leque de opções é mais abrangente, isto é, as suas chances de ter em mãos o instrumento que realmente quer são ainda maiores.

      Usado

      Apesar do preço mais atrativo, um violão usado pode te trazer dores de cabeça. Se não comprar na mão de algum conhecido, procure saber o máximo de informações possíveis a respeito do vendedor e também sobre o instrumento.

      Evite também “comprar o primeiro violão que achar”. Como “a pressa é inimiga da perfeição”, você pode acabar tendo em mãos um instrumento cheio de danos imperceptíveis, mas que comprometem a qualidade do som.

      Violão acústico ou eletroacústico?

      Para mapear a sua escolha, o principal é você ter em mente o que cada um desses modelos pode te entregar. A sua ideia formar uma banda? O seu propósito é só tocar em festinhas com a galera ou até mesmo na privacidade de seu quarto? Reflita sobre essas questões!

      Violão Acústico é indicado para iniciantes

      Violão acústico não é indicado para tocar com banda (Foto/Pexels)

      O violão acústico não tem captador de som. Sendo assim, não tem como plugá-lo em um amplificador ou até mesmo em uma mesa de som. Mas nada impede que, posteriormente, você instale um sistema de captação no instrumento. Porém, isso vai dar um certo trabalho e você terá que contar com os serviços de um luthier.

      Em contrapartida, além de poder ser tocado de forma desplugada, o modelo eletroacústico já vem pronto para ser plugado em uma caixa amplificada. A captação pode ser passiva, composta apenas pelo captador – sem controle de equalização ou volume, ou pode ser ativa, com mais opções para fazer ajustes que ajudarão a moldar o timbre do violão quando ele estiver plugado.

      Dicas para uma escolha perfeita

      Escolha um violão que caiba no seu bolso. Se não tiver grana o suficiente para comprar o instrumento mais top logo de cara, pesquise até encontrar o equipamento que vai ter deixar confortável na relação custo x benefícios.

      Você precisa curtir tirar um som no violão! Por isso, não tenha vergonha de testar vários modelos, pois, só assim se consegue estabelecer parâmetros de comparação. Durante os testes, não deixe de observar a espessura do braço, se ligue na altura das cordas e certifique-se de que a estrutura física do instrumento te agrada.

      Violão sempre é uma boa escolha

      O violão sempre será um ótimo instrumento de entrada no mundo da música (Foto/Pexels)

      Lembre-se que marca não é sinônimo de qualidade. Pesquise muito sobre marcas e modelos disponíveis, pois, algumas marcas possuem linhas de instrumentos totalmente opostas à fama que as precedem.

      Por fim, mas não menos importante: jamais leve para casa um violão que não te agrade em um maior número de aspectos possíveis. O que importa, na realidade, é o seu gosto! Sendo assim, não se deixe levar por papo de vendedor ;)

      Leia mais: A anatomia do violão: entenda como o som chega aos seus ouvidos!

      E agora que você já sabe qual instrumento comprar, desejamos sucesso na sua escolha! Depois que estiver com o seu violão em mãos, não deixe de conferir o projeto Como Tocar Violão, o curso de violão online e gratuito do Cifra Club. O objetivo final transformar você no “Rei da rodinha de violão”, isto é, o cara que vai animar todas as festas, viagens com galera, acampamentos e luaus.

      Vem aprender com os professores do Cifra Club (Foto/Internet)

      Se quiser saber qualé a desse rolê, aqui neste link você encontra todas as informações sobre o curso de violão online do Cifra Club. Ah, e não se esqueça de compartilhar o link deste post e marcar seus amigos que também querem comprar um violão. No final das contas, o mundo é um lugar bem melhor quando é cercado por notas, harmonias, melodias e música ;)