Notificações Amigos pendentes

      Cifra Club News

      Especial Jacob Collier: ouça as melhores músicas do “messias do jazz”

      24 de setembro de 2019 7:17 Por Gustavo Morais

      O britânico Jacob Collier é mais um dos artistas da safra de estrelas que deu seus primeiros passos na internet, transformando-se em uma sensação em todo o mundo, e acabando consagrado como astro global, empresariado por Quincy Jones e aclamado por estrelas da música internacional como Herbie Hancock, Pat Metheny, Chick Corea e Steve Vai para citar apenas alguns.

      Jacob Collier é sensação do jazz

      Jacob Collier é um dos jovens músicos mais bem conceituados da atualidade (Foto/Divulgação)

      Atualmente com 25 anos, Collier é músico, arranjador, compositor, cantor, multi-instrumentista e produtor, reconhecido mundialmente como um dos jovens músicos mais notáveis, criativos e prodigiosos da atualidade. Jacob possui um elevado nível de habilidade musical, inspirando-se nos mais diversos sons, combinando elementos de jazz, a cappella, groove, folk, trip-hop, clássico, música brasileira, gospel, soul e improvisação, que se aliam para criar o seu pequeno universo musical.

      No texto de hoje, vou te aplicar detalhes da carreira de um fenômeno da música moderna. Ao longo deste texto, de quebra, a gente
      vai ouvir as seguintes canções:

      • Don’t You Worry ‘Bout A Thing
      • You And I
      • Flinstones
      • Hideway
      • In My Room
      • With The Love In My Heart
      • Do You Feel Love
      • Blue Moon

      Agora, é só você ajustar seus fones de ouvido por aí e mergulhar no trabalho de um artista que – na menor das hipóteses – pode servir de inspiração para que você continue se dedicando aos seus estudos de violão, guitarra, baixo, etc e tal ;)

      Carreira e prêmios de Jacob Collier

      Desde que subiu o primeiro vídeo para o YouTube, em dezembro de 2011, os canais sociais online de Jacob já arrebanharam centenas de milhares de seguidores, e conquistaram mais de 60 milhões de visualizações. Com hits virais, como sua interpretação do clássico de Stevie Wonder, Don’t You Worry ‘Bout A Thing, Collier conquistou um público global e atingiu a elite mundial do jazz.

      Jacob passou um longo período em 2014 colaborando com Ben Bloomberg, no Massachusetts Institute of Technology (MIT), em Boston, projetando e construindo um inovador veículo de performance solo ao vivo, para apresentar seu formato de música de um homem multi-instrumental e multi-visual.

      Ele estreou este show no Montreux Jazz Festival em 2015, tocando na mesma noite em que se apresentaram Herbie Hancock e Chick Corea, quando a revista especializada Jazzwise o proclamou como “O Futuro da Música”. O artista viajou pelo mundo por dois anos e meio com seu show solo até a apresentação final em Roma, em dezembro de 2017.

      jacob collier é um mulsitinstrumentista

      Jacob Collier usa vários temperos sonoros para preparar o seu jazz moderno (Foto/Divulgação)

      Collier também tem viajado constantemente para dar masterclasses em escolas e universidades, além de apresentações com orquestras e grandes bandas ao redor do mundo. Dono de uma incrível habilidade para tocar vários instrumentos, Jacob faturou duas estatuetas do Grammy Awards, em 2017. Com You And I, outro hit do mestre Stevie Wonder, Collier ganhou o óscar da música na categoria Melhor arranjo, Instrumental ou A Cappella.

      Já com uma versão para o tema principal do desenho Flinstones, ele ganhou o prêmio na categoria Melhor Arranjo, Instrumental e Vocais.

      Discografia de Jacob Collier

      Seu álbum de estreia, In My Room, de 2016, atingiu a primeira posição no iTunes Jazz em 23 países e também a primeira posição na Billboard Contemporary Jazz Album.

      Jacob Collier ganhou grammy com o disco In My Room

      In My Room é um dos discos mais diferenciados dos últimos anos (Foto/Divulgação)

      Nesse disco estão registradas as canções renderam ao artista os dois troféus do Grammy. Outros destaques desse impressionante álbum são as canções Hideway, uma música escrita, arranjada, gravada por Jacob Collier

      … e In My Room, uma brilhante releitura que o britânico fez para um dos hinos da lendária banda The Beach Boys.

      Em janeiro de 2018, Collier começou a trabalhar em Djesse, um ambicioso álbum de 4 volumes e 50 músicas, descrito como uma “jornada por todos os gêneros musicais sob o sol”, colaborando com vários artistas e conjuntos. O primeiro volume, Djesse Vol. 1, foi lançado em dezembro de 2018 e tem como destaque a canção With The Love In My Heart.

      O segundo volume dessa antologia, Djesse vol. 2, chegou ao mercado em julho de 2019. Entre seus grandes momentos, o disco traz Do You Feel Love, faixa que marca o feat. de Jacob com Steve Vai, sim, o cara que dispensa qualquer apresentação.

      Outra ótima canção do álbum é a versão de Collier para Blue Moon, um dos standards da música norte-americana.

      Com muita maestria, Jacob Collier toca mais de 10 instrumentos, incluindo piano, bateria e ukulele. Trata-se de um músico jovem, talentoso e que é fonte inesgotável de motivação e inspiração. Quero ser assim quando eu crescer…