Notificações Amigos pendentes

      Cifra Club News

      7 músicas antigas da MPB para você ouvir e tocar hoje

      15 de maio de 2020 12:50 Por Gustavo Morais

      A pluralidade da música popular brasileira é impossível de ser limitada! Felizmente, ao longo dos anos, muitos gênios nos brindaram – e continuam brindando – com canções maravilhosas e atemporais.

      Mulher toca violão sentada no sofá

      O violão com cordas de nylon é indicado para tocar músicas de MPB (Foto/Pexels)

      O post de hoje é um recorte da inenarrável importância desse nosso patrimônio imaterial. Ao longo da conversa, vou te aplicar 7 músicas antigas da MPB para você ouvir e tocar. São canções emblemáticas para você enobrecer, ainda mais, o seu repertório. Se liga só nos clássicos que vão tomar conta do seu violão e da sua mente:

      • Travessia
      • Chão de Giz
      • Hoje Eu Quero Sair Só
      • Preciso me Encontrar
      • Chega de Saudade
      • La Belle de Jour
      • Apesar de Você

      Para elaborar esta lista, a ideia foi agrupar obras diferentes de diferentes momentos da música brasileira. Agora é contigo, hein? Prepare aí o seu violão, abra seu coração e tenha ótimas experiências sensoriais.

      Travessia – Milton Nascimento

      Eis uma obra que ajudou a mudar os rumos da MPB! Lançada em 1967, Travessia não era samba-canção, não era bossa nova e não era nada parecida com o que estava rolando no momento. Naquele momento, a música popular brasileira experimentou um perfeito momento de originalidade.

      Com essa canção, Milton Nascimento conquistou o segundo lugar no Festival Internacional da Canção de 1967. Dê o play e deixe a emoção tomar conta.

      Para tocar com a cifra de Travessia, você precisa ter alguns acordes complexos na ponta dos dedos. Porém, além da parte vocal, o desafio está nas mudanças de um acorde para o outro. Afinal de contas, esse carioca de berço e mineiro de coração sempre estará entre os grandes intérpretes da música cantada em língua portuguesa.

      Chão de Giz – Zé Ramalho

      Segundo a lenda, em 1977, o paraibano Zé Ramalho fez essa música na época em que vivia um relacionamento com a esposa de um homem influente de João Pessoa, cidade em que  residia na época. Se é verdade, no entanto, dificilmente saberemos. Fato é: a letra fala sobre um rapaz apaixonado que vai, aos poucos, se livrando das garras de um amor não correspondido.

      Com poucos acordes simples, você pode tocar a versão simplificada de Chão de Giz. Por sua vez, a cifra completa dessa música requer algumas habilidades a mais. Mas uma coisa é certa: seja lá qual for a sua escolha, o diferencial será a sua interpretação na hora de cantar

      Hoje Eu Quero Sair Só - Lenine

      Além de compositor e instrumentista de muito talento, Lenine é um cara que nunca limitou sua sonoridade. Por sempre acreditar na música sem fronteiras, esse artista tão visionário equaliza sua MPB com rock, maracatu, manguebeat, blues, ritmos reginais e outros temperos mais. Lançada em 1997, a canção abaixo mostra um pouco da versatilidade de Lenine.

      Você pode optar por tocar a versão simplificada dessa música, sem deméritos! Porém, se posso dar um conselho, vale o esforço para tocar o dedilhado presente na cifra completa de Hoje Eu Quero Sair Só.

      Preciso me Encontrar - Cartola

      Cria do Rio de Janeiro, o saudoso Cartola é considerado por diversos músicos e críticos como o maior sambista da história da música brasileira. Expoente da geração mais marginalizada do samba, ele gravou menos discos do que todos nós gostaríamos. No disco Cartola II, de 1976, está a música Preciso Me Encontrar, composição do não menos lendário Candeia. A letra manifesta a reflexão de um homem acerca do desejo de liberdade.

      Com a videoaula gravada pelo meu amigo Leo Eymard, você vai perceber que tocar com a cifra de Preciso Me Encontrar é bem mais fácil do que parece.

      Chega de Saudade — João Gilberto

      Com o violão em mãos, o baiano João Gilberto ele era inovador, inventivo e insuperável. Dono de habilidade incomum, ele executava canções com mais de 30 acordes, complexos ou não, com a mesma facilidade que a gente tem pra perder palhetas.

      Em 1959, com o disco Chega de Saudade, João lançou o disco que praticamente inaugurou a bossa nova. A faixa título é uma obra de arte que encanta gerações e conquista públicos nas mais variadas partes do mundo, conforme você confere no vídeo abaixo.

      Tirar essa música jamais será tarefa simples. Mas já que a vida é feita de safios, confira a cifra e a videoaula de Chega de Saudade e reverencie um dos momentos mais mágicos da música popular brasileira.

      La Belle de Jour - Alceu Valença

      Nascido nos limites do agreste com o sertão de Pernambuco, Alceu Valença chegou a trabalhar como advogado e jornalista. Felizmente, no começo dos anos 70, ele largou essas carreiras e caiu pra dentro do universo musical. Se a lei e a comunicação perderam um profissional de primeira classe, a música brasileira ganhou um gênio que sabe como misturar forró, rock, frevo, psicodelia, etc e tal! Em 1992, no disco Sete Desejos, Alceu lançou esse tesouro romântico chamado La Belle de Jour.

      A cifra completa de La Belle de Jour tem um dedilhado que entrega o charme da canção. Se você ainda não tem a segurança de partir pro dedilhado, experimente a versão simplificada dessa música ;)

      Apesar de Você - Chico Buarque

      No começo de 1970, Chico Buarque retornou ao Brasil após um autoexílio de mais de um ano na Itália. Depois de ler nas cartas de André Midani, então diretor da gravadora Philips, que a situação no Brasil estava melhorando, Chico decidiu regressar. Ao voltar pra casa, o cantor e compositor carioca deu de cara com o período conhecido como “anos de chumbo”, isto é, a época mais repressiva da ditadura militar no Brasil.

      Como não poderia ser diferente, o artista externou seu desapontamento na canção Apesar de Você, onde a crítica à ditadura era disfarçada como uma briga entre namorados. A censura não percebeu a tática e acabou liberando a execução pública da música. Em fevereiro de 1971, entretanto, os censores entenderam a mensagem na letra e determinaram as proibições cabíveis em torno da faixa. A partir de então, e até o fim do regime, a relação entre Chico e os censores ficou complicada e o artista viu suas letras sofrerem as mais absurdas rejeições.

      Para tocar esse samba, você vai precisar de muitos acordes! Preste bem atenção na batida e procure deixar a canção fluir de maneira mais natura! Confira a cifra completa de Apesar de Você.

      Se você curte música popular brasileira, tenho um conselho: não deixe de ficar atento às aulas MPB que rolam lá no Cifra Club! Ah! E já que você chegou até aqui, que tal compartilhar o link deste post aí nas suas redes sociais e grupos de WhatsApp? Juntos, somos mais fortes na hora de espalhar conhecimento e canções de boa qualidade ;)