Notificações Amigos pendentes

      Cifra Club News

      Iniciante no ukuele? Aprenda a evitar 5 erros que travam seu estudos

      18 de junho de 2020 13:35 Por Gustavo Morais

      Erros cometidos durante o aprendizado geram estagnação, desinteresse e insatisfação. O que essas três palavrinhas têm em comum? Simples: elas carimbam o passaporte do seu instrumento rumo a uma viagem de duas escalas, o bag e o armário.

      Instrutora do curso de ukulele do Cifra Club

      Aprenda a evitar errinhos que avacalham os seus estudos (Foto/Pexels)

      Já que o mundo da música não quer que você seja um ukulelista aposentado de maneira precoce, o post de hoje é uma conversa sobre 5 erros que iniciantes no ukulele precisam parar de cometer. De quebra, vou te dar algumas dicas para que você aprenda a evitar esses rolês que tanto travam seus estudos.

      Bora lá?

      1. Só estudar a parte prática

      Eis um erro cometido por quem é iniciante, independente do instrumento. Tocar várias músicas e formar um repertório legal é ótimo. Entretanto, isso não nos dar o direito de ignorar elementos importantes da tradição musical. Portando, abra sua mente para estudar teoria, harmonia e tudo mais que possa melhorar sua performance com o ukulele em mãos.

      2. Confundir ukulele com violão

      Por ser um instrumento de entrada e tradicional em várias culturas, o violão tem muitas técnicas que podem ser incorporadas ao ukulele. O ukulelista iniciante quem tem certa experiência com o violão, naturalmente enxerga possibilidades de traçar conexões entre os dois instrumentos, sobretudo nos fundamentos de batidas e dedilhados. Para evitar tropeços, seja um estudante ponderado e não deixe de evoluir por achar que seu ukulele é um violão menor e com menos cordas.

      3. Má postura: segurar o instrumento de forma errada

      O ukulele pode ser pequeno, leve e aparentemente fácil de ser manuseado. Tanta descomplicação, no entanto, pode te induzir às más posturas, ou seja, é bem fácil segurar o instrumento de forma errada.

      Este errinho da nossa lista resulta num som embolado, confuso e feio. O resultado disso, como você já deve imaginar, é desânimo, preguiça e até desistência.

      Alguns erros de postura podem ser cometidos de forma quase que inconsciente, sobretudo se você já sabe tocar outro instrumento de cordas. A seguir, você confere alguns erros comuns na hora de segurar o ukulele.

      Como segurar o ukulele

      É bem comum segurar o ukulele de um jeito que o braço forme um ângulo de 90°. Outra posição errada, porém típica, é segurar o ukulele paralelo ao chão. Evite segurar o instrumento nessas posições, pois, ela dificulta o posicionamento correto das mãos esquerda e direita.

      Dito isso, a posição correta do ukulele ligeiramente inclinado. Pense no posicionamento do ponteiro de um relógio marcando duas horas , conforme ilustra a foto abaixo.

      Garota toca ukulele na praia; o isntrumento está na posição correta

      Observe o posicionamento correto das mãos e do ukulele (Foto/Pexels)

      Não tem como errar mais, concorda? Agora, chegou o momento de falar um pouquinho sobre o posicionamento das mãos ;)

      Posição da mão esquerda

      É comum, por exemplo, o polegar da mão esquerda ficar em cima do braço do ukulele, assim como George Harrison usava no violão. A posição do dedo nessa maneira, no entanto, faz com que  os movimentos sejam lentos e dificultam a execução dos acordes e notas.

      Ainda sobre a mão esquerda, lembre-se usar as pontas dos dedos para pressionar as cordas.  Caso contrário, você corre o risco de executar notas em cordas adjacentes e, consequentemente, comprometer a sonoridade do acorde desejado. Se for um acorde de pestana, no entanto, será inevitável usar outras partes do dedo ;)

      Posição da mão direita

      A posição da mão direita depende de como você fará os dedilhados.  Duas regrinhas, no entanto, são bem básicas:

      1. a mão direita deve formar um ângulo ligeiramente inclinado
      2. uma parte do seu antebraço deve segurar o ukulele junto ao seu corpo.

      O grande lance é prestar atenção para que as cordas não sejam “sufocadas”, pois, o som do ukulele não deve soar como se você estivesse tocando dentro de uma caixa de sapatos.

      4. Começar com acordes de 3 ou 4 dedos ou com pestanas

      Tem como construir uma casa começando pelo teto? A resposta só pode ser uma: não. Fazendo uma analogia com o aprendizado do ukulele, a figura do “teto” pode ser representada pelos acordes feitos com 3 ou 4 dedos e as pestanas.

      Pense também nos casos de outros instrumentos de cordas, como o violão e a guitarra. Se você não tiver talentos sobrenaturais, será impossível fazer os acordes complexos da bossa nova ou executar as técnicas magistrais dos lendários guitar heros.

      A boa notícia é que tudo tem solução, futuro (a) ukulelista! Conduza seu aprendizado por um caminho seguro, gradativo e pedagógico, isto é, comece aprendendo os acordes de 1 ou 2 dedos. Pode parecer simples, mas isso vai te dar as bases necessárias para o contato com as pestanas e acordes de 3 ou 4 dedos.

      5. Fazer batidas sem estudar técnica

      Até mesmo as batidas consideradas simples precisam de atenção e cuidados técnicos para que soem bem. Quando o ukulelista iniciante mentaliza que as batidas são apenas variações dos movimentos pra baixo e/ou pra cima, alguns detalhes fundamentais podem escapar – literalmente – por entre os dedos! Será que em todas as batidas é preciso tocar sempre todas as cordas? Que parte do dedo toca as cordas?

      Rapaz segura ukulele de forma errada

      Dois erros clássicos na foto: posicionamento da mão direita e do ukulele (Foto/Pexels)

      A solução é não aprender a tocar as batidas sem as devidas orientações. Desta forma, você evita fazer um som que não tenha a modalidade que soe de forma adequada. E é aí que entra em cena o curso de ukulele online e gratuito do Cifra Club! O conteúdo das aulas é todo planejado para ajudar o aluno a desenvolver os fundamentos mais importantes do instrumento.

      Quer aprender a tocar ukulele?

      Se a sua resposta for “sim”, mas ainda não encontrou a metodologia ideal, seus problemas acabaram! Com muita alegria, cá estou para te informar que Kalani Ukuleles e o Cifra Club estão juntos numa parceria. A dobradinha rendeu no Curso de Ukulele do Cifra Club.

      O curso é 100% gratuito, todo online e você pode começar agorinha mesmo!