Notificações Amigos pendentes

      Cifra Club News

      As 10 melhores músicas fáceis de Raul Seixas para você tocar hoje

      31 de julho de 2020 13:03 Por Gustavo Morais

      É isso mesmo, meu amigo e minha amiga, você não leu o título de formada errada! Chegou a hora de saldarmos uma dívida histórica com a obra de Raul Seixas. Afinal de contas, estamos falando de um artista que é 100% associado às raízes do rock and roll no Brasil, mesmo o estilo já estando por aqui duas décadas antes de Raulzito começar a tocar.

      Raul Seixas usa sua tradicional boina cor de vinho e toca sua guitarra semi acústica vermelha

      Raul Seixas é uma figura messiânica no imaginário do roqueiro brasileiro (Foto/Divulgação)

      No texto de hoje, você confere as 10 melhores músicas do Maluco Beleza para ouvir e tocar. Sempre é bem difícil resumir um repertório tão valioso em uma pequena playlist. O principal critério nesta seleção, entretanto, foi pinçar os hits que incentivam um pouco a evoluirmos no violão. Além do mais, o foco mirou nas letras que despertam senso crítico e nos fazem enxergar o mundo fora da caixa.

      Se liga só na lista:

      • Tente Outra Vez
      • Metamorfose Ambulante
      • Gitá
      • Ouro de Tolo
      • Meu Amigo Pedro
      • Maluco Beleza
      • Sociedade Alternativa
      • Eu Nasci Há 10 Mil Anos Atrás
      • O Trem das 7
      • Eu Também Vou Reclamar

      Ciente de que muita música boa ficou de fora, aproveito a oportunidade para deixar claro que nada impede a publicação de outros posts em homenagem a Raul. Por horas, te convido a afinar o seu violão e se preparar para tocar algumas das canções mais emblemáticas do rock brasileiro.

      1. Tente Outra Vez

      O nosso “hino não oficial à esperança” foi lançado em 1975, no disco Novo Aeon. Com letra cheia de frases edificantes, essa canção tem uma emotiva interpretação que nos remete aos cantores de música gospel americana.

      Com um bom número de acordes, essa música é ideal para quem está na transição do nível iniciante para o básico. Confira a cifra completa e a videoaula de Tente Outra Vez.

      2. Metamorfose Ambulante

      Nessa letra reflexiva, Raul reverencia a questão da ruptura com os padrões sociais. A ideia é ser o ponto de exclamação no mar de reticências que é o universo. Confira uma versão ao vivo desse clássico irretocável!

      Lembrando que essa música tem uma frase de guitarra bem legal na introdução. Aprenda a tocar com a cifra de Metamorfose Ambulante, de Raul Seixas.

      3. Gitá

      A espiritualidade é uma das características mais emblemática da obra de Raul Seixas. Ora ele se revela místico ou ecumênico, ora se apresenta descrente e até ateu. No clássico Gitá, no entanto, o artista mostra sua face crente ao propor uma leitura de Baghavad Gita, a obra clássica da religião hinduísta. Se você ainda tem um pouco de dificuldade em fazer pestanas, essa música pode te ajuda a treinar este fundamento.

      Confira a cifra completa de Gita, hit emblemático do rock nacional.

      4. Ouro de Tolo

      Lançada em 1973, essa música é uma crítica ao conformismo do país a respeito dos esquemas ilusórios de vantagens oferecidas pelo Regime Militar. De acordo com a Revista Rolling Stone, Ouro de Tolo ocupa a 16ª posição na lista das 100 maiores músicas brasileiras de todos os tempos. É a faixa de Raul mais bem posicionada no ranking da publicação.

      Vem tocar com a cifra de Ouro de Tolo, clássico inesquecível de Raulzito.

      5. Meu Amigo Pedro

      Essa canção sobre amizade é uma das muitas parcerias da dupla Raul Seixas e Paulo Coelho. Não é uma música difícil de tocar, mas requer muita atenção com o ritmo. Confira a videoaula abaixo:

      Viu só como não tem mistério? Para reforçar, acesse a cifra completa de Meu Amigo Pedro.

      6. Maluco Beleza

      Essa música fala sobre um sujeito que preza o seu livre arbítrio, o que é visto como maluquice por muita gente por aí. Lançada em 1977, Maluco Beleza é uma das músicas mais conhecidas da carreira de Raul Seixas. Apesar de ser bastante associada à figura de Raul, a canção foi inspirada no comportamento contracultural de Cláudio Roberto, coautor da faixa.

      Veja a videoaula e acesse a cifra de Maluco Beleza.

      7. Sociedade Alternativa

      Eis mais uma letra em defesa da autonomia, conforme descreve o verso “Faça o que tu queres, pois é tudo da lei”. Contando com cinco acordes simples, Sociedade Alternativa é uma canção bem mais fácil de tocar.

      P.S.: Como esquecer de Bruce Springsteen tocando essa canção, nos shows que fez no Brasil, em 2013, incluindo uma apresentação apoteótica no Rock in Rio?

      8. Eu Nasci Há 10 Mil Anos Atrás

      Nessa música, o poeta mostra o bom uso da ironia, uma das figuras de linguagem mais incompreendidas do nosso idioma. Por questão de interpretação um texto irônico tende a causa desconforto em um número maior de pessoas. Numa brilhante sacada literária, Seixas revisita a história e dá o seguinte recado: “essa palhaçada toda, eu tô acompanhando faz tempos”.

      Para tocar a música Eu Nasci Há 10 Mil Anos Atrás, você só precisa acessar a cifra!

      9. O Trem das 7

      Cheia de metáforas, essa música é meio que uma crônica apocalítica. Na letra, nosso eterno Maluco Beleza reflete sobre morte, passagem do tempo e distopia. Por sua vez, o arranjo de violão mostra o lado sertanejo de Raulzito.

      Acesse a cifra de O Trem das Sete e tenha esse clássico na ponta dos dedos ;)

      10. Eu Também Vou Reclamar

      Nessa letra, o compositor mostrou toda sua veia provocativa. Lançada em 1976, essa canção ironizou acontecimentos históricos da época, bem como a então crescente onda de “música de protesto”. Pra deixar tudo ainda mais genial, Raul usou a pegada musical de Bob Dylan para temperar o arranjo da faixa.

      Veja só como a cifra de Eu Também Vou Reclamar é composta por uma sequência bem básica de acordes! É uma música bem legal e fácil de tirar no violão.

      Curte rock brasileiro? Confira as listas abaixo:

      Já que você chegou até aqui, que tal compartilhar o link deste post aí nas suas redes sociais e grupos de WhatsApp? Juntos, somos mais fortes na hora de celebrar o legado de Raul Seixas ;)