Notificações Amigos pendentes

      Cifra Club News

      Rita Lee é condenada a indenizar dois policiais de Sergipe

      19 de abril de 2013 13:59 Por Gustavo Morais

      Rita Lee não concordou com a decisão da justiça

      A Turma Recursal do Tribunal de Justiça de Sergipe (TJSE) condenou a roqueira Rita Lee a pagar R$ 5 mil por danos morais a dois policiais de Aracaju. Os PMs trabalharam no tumultuado show, realizado em 29 de janeiro de 2012, no Festival de Verão, na capital sergipana, no qual a cantora entendeu que as autoridades usaram maneiras truculentas para impedir que alguns fãs fumasse maconha.

      Na ocasião, Rita chamou os policiais de “cavalos”, “cachorros”, entre outros impropérios. O juiz Marcos de Oliveira Pinto concluiu que a rainha do rock brasileiro proferiu “palavras de baixo calão, ofendendo-os em público, debochando dos mesmos, a ponto de terem sido vaiados pela plateia que assistia ao show musical por ela comandado, na qualidade de cantora nacionalmente conhecida e principal atração do evento que se realizava, fazendo com que, despidos de suas autoridades, eles se retirassem do local, sob o olhar de todos”.

      Os advogados de Rita Lee decidiram recorrer da decisão, de acordo com o jornal O Globo. Em janeiro deste ano, a artista foi absolvida em um processo movido por 35 policiais militares de Sergipe. Os PMs reivindicavam uma indenização no valor de R$ 24 mil por danos morais e pelas palavras de baixo calão direcionadas à categoria durante o mesmo incidente.