Notificações Amigos pendentes

      Cifra Club News

      Villa-Lobos e Bonfá conquistam direito de usar marca Legião Urbana

      20 de julho de 2013 10:09 Por Laiza Kertscher

      Banda criou empresas nos anos 80 para proteger interesses

      Os músicos Dado Villa-Lobos e Marcelo Bonfá conquistaram, na última quinta-feira (18), o direito de utilizar a marca Legião Urbana, de acordo com a decisão do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro. Os ex-integrantes da banda estavam impedidos de usar os direitos da marca por determinação da família de Renato Russo.

      Segundo decidiu o juiz Fernando Cesar Ferreira Vianna, caso a família do vocalista descumpra a decisão, uma multa de R$50 mil terá de ser paga.

      Mesmo com a conquista, Bonfá e Villa-Lobos descartam qualquer possibilidade de retorno da banda. “A Legião Urbana éramos o Bonfá, eu e o Renato. E a gente tinha combinado que se saísse um de nós três e entrasse outra pessoa, então não seria mais a Legião Urbana”, disse Dado, em comunicado à imprensa.

      A dupla também expressou indignação com o fato de terem sido impedidos de usar a marca da banda. “A liminar nos trouxe de volta um direito que é nosso, nós três criamos e tornamos conhecida a Legião, é um absurdo a gente ter sido proibido de usar algo que construímos com nosso trabalho durante anos”, declarou Bonfá.

      No processo, os músicos são citados como acusadores. A ré trata-se da Legião Urbana Produções Artísticas, empresa criada por Renato Russo em 1987, com Bonfá e Dado como sócios. Na época, a banda criou outras duas empresas para “proteger interesses dos músicos”