Notificações Amigos pendentes

      Cifra Club News

      Guitarrista do Dimmu Borgir diz que novo disco será “monstro”

      3 de novembro de 2006 12:13 Por Cifra Club

      O guitarrista Silenoz, da banda norueguesa Dimmu Borgir, anunciou que o novo álbum da banda seguirá um caminho diferente daquele tomado nos dois discos anteriores, Death Cult Armageddon e Puritanical Euphoric Misanthropia.

      "Só posso dizer que o disco será um monstro", conta Silenoz. Ele relatou também que o processo de composição e gravação do álbum não terá a mesma pré-produção pomposa que caracterizou, especialmente, o último disco, Death Cult. Para começar, a banda optou por não gravar demos e não "brincar" mais com a Orquestra Filarmônica de Praga – responsável pela sonoridade meio "Star Wars" do álbum.

      "Devo admitir que os trechos de teclado das demos do Death Cult soam muito melhor do que as versões finais, com a orquestra. Eu não deveria dizer algo assim, mas é verdade", completa o guitarrista. "O novo disco será maior e mais épico, com bastante ênfase nas idéias de teclado que o [tecladista] Mustis está acrescentando".

      Será o primeiro disco conceitual da banda. Além da sonoridade mezzo-medieval, mezzo-épica, as letras contarão uma história que relata os abusos de poder político da religião organizada. "Vai ter um sujeito que trabalha como assistente de um padre e, aos poucos, ele descobre que não o Cristianismo não é para ele", detalha Silenoz.

      Ele diz que a história foi inteiramente concebida antes da música começar a ser feita. "Basicamente, o personagem principal descobre que ele possui outros poderes e habilidades que não deveriam ser usados para o Cristianismo, daí ele começa a tender mais para o lado negro", finaliza. 

      Comente à vontade, mas pegue leve com os palavrões e/ou ofensas senão seu comentário pode ser editado ou deletado. =)