Notificações Amigos pendentes

      Cifra Club News

      Belo supostamante envolvido com o tráfico de drogas

      14 de maio de 2002 14:09 Por Ruben Almeida

      Polícia investiga uma suposta ligação telefônica entre o cantor Belo e o traficante Vado.

      O pagodeiro Marcelo Pires Vieira, conhecido como Belo, está sendo investigado por um suposto envolvimento com o tráfico de drogas em uma favela do Rio de janeiro.

      Tal suspeita se deu após uma investigação da policia que interceptou duas ligações que teriam sido feitas do celular do traficante Valdir Ferreira, o Vado, para a residência de Belo, ex-vocalista do grupo de pagode Soweto, no dia 4 de abril, uma quinta-feira.

      Em uma ligação Vado pede onze mil Reais emprestados ao interlocutor, que para a polícia seria Belo, para a compra de um "tecido fino", em troca o cantor pede um "tênis AR". Para a polícia "tecido fino" e "tênis AR" se tratam de códigos, que se referem à cocaína e a um fuzil Ar-15, respectivamente.

      Numa segunda ligação, o traficante e o pagodeiro conversam sobre uma quadra de esportes próxima à favela do Jacarézinho que poderia ser usada para shows.

      A frente das investigações está o delegado Ricardo Hallack, que assumiu recentemente a Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco).

      Intimado à depor, Belo se apresentou na terça-feira passada ao delegado. Seu depoimento durou cerca de três horas e o cantor, garantido inocência, disse que vai liberar suas linhas telefônicas e sua conta bancária. Também se apresentou à delegacia o cunhado de Belo, Rodrigo Guedes dos Santos, devido ao fato do aparelho telefônico instalado na casa de Belo estar em nome do cunhado.

      Para fazer uma avaliação da fita gravada com a conversa foi chamado o perito Ricardo Molina, foneticista da Unicamp, que já definiu a qualidade da gravação entre média e boa. Para descobrir se a voz é ou não do cantor o perito fará comparações com entrevistas e shows feitos por Belo. O resultado da perícia deve sair até o fim deste mês.

      O cantor já vendeu dois milhões de discos com o grupo Soweto, e em carreira solo já vendeu setecentas mil cópias com seu primeiro álbum. Noivo da madrinha da bateria da Mocidade Independente, Viviane Araújo, e lançando agora seu segundo disco, o pagodeiro tem presenteado a noiva com valiosos carros importados, colares e anéis de ouro e diamante.

      Comente à vontade, mas pegue leve com os palavrões e/ou ofensas senão seu comentário pode ser editado ou deletado. =)