Notificações Amigos pendentes

      Cifra Club News

      Relembre os flertes de Robin Williams com o mundo da música

      12 de agosto de 2014 18:00 Por Gustavo Morais

      O ator Robin Williams foi encontrado morto na última segunda-feira (11), na casa em que morava, em Tiburon, na Califórnia, com indícios de suicídio. Famoso por papéis em filmes como “Patch Adams – O Amor é Contagioso”, “Sociedade dos Poetas Mortos”, entre dezenas de outros, Williams também deu passos significativos no universo musical musical.

      Com um total de seis discos na bagagem, o ator emplacou três álbuns nas paradas da Billboard. Além do expressivo sucesso comercial, Robin Williams ganhou cinco Grammy por canções interpretadas e/ou escritas. Lançado em 1979, o álbum ”Reality… What A Concept” conquistou uma honrosa 10ª colocação nas paradas de sucesso daquele ano e garantiu ao ator o Grammy de Melhor Gravação de Comédia. O artista ganhou outros três prêmios na categoria e, ainda em 1988, com “Pecos Bill”, abocanhou a estatueta pela Melhor Canção Infantil.

      Nos idos de 1993, Williams dublou o protagonista do desenho “Aladdin” e cantou as músicas “Friend Like Me” e “Prince Ali“. Naquele ano, as canções da trilha do desenho chegaram ao 6º lugar do ranking das mais tocadas.

      Em 2010, com “Weapons Of Mass Destruction”, Williams conquistou o lugar mais alto do podium de álbuns de comédia e permaneceu quatro semanas nesta posição. Além de ser indicado ao prêmio de Melhor Álbum de Comédia, o disco atingiu a 59ª posição no Billboard 200.

      Veja as capas dos discos de Robin Williams:

      Em algumas produções cinematográficas, o talento vocal de Robin Williams ficou em evidência. Na pele do marinheiro “Popeye” (1980), o ator deu um tostão de sua voz com a música “I Yam What I Yam”.

      Na comédia “Uma babá Qusse Pefeita” (1993), o ator cantou um rap sobre os dinossauros.A letra da música é meio absurda, mas a alegria da criançada é garantida.

      No desenho “Happy Feet” (2010), Willians deu voz ao pinguim Ramón e imortalizou uma ótima versão em espanhol para o clássico “My Way”, de Frank Sinatra.

      Robin McLaurim Williams contava 63 anos de idade e mais de quatro décadas de carreira. Além de um legado brilhante legado artístico, o artista deixou três filhos: Zachary Pym, 31; Zelda Rae, 25; e Cody Alan, 22.