Notificações Amigos pendentes

      Cifra Club News

      Prêmio Multishow 2014: pagode domina; MPB independente é destaque

      29 de outubro de 2014 9:18 Por Gustavo Morais

      Aconteceu na noite da última terça-feira (28), a edição 2014 do Prêmio Multishow de Música Brasileira. Sem muitas concorrências, a premiação é hoje a principal celebração da música nacional.

      Com dois troféus entregues a Thiaguinho (melhor cantor e música-chiclete, “Caraca, Muleke!”) e uma ao grupo Sorriso Maroto (melhor grupo), o pagode foi o estilo musical que mais abocanhou taças. A nova MPB também foi destaque. Com um prêmio cada, Banda do Mar, Alice Caymmi e Juçara Marçal mostraram que a cena independente tem forças para nada em meio aos tubarões do mainstream.

      Confira quem foram os vencedores do Prêmio Multishow 2014:

      Melhor cantor: Thiaguinho
      Melhor cantora: Paula Fernandes
      Melhor grupo: Sorriso Maroto
      Melhor música: “Tudo que Você Quiser”, de Luan Santana
      Melhor show: Ivete Sangalo
      Experimente: Sam Alves
      Música-chiclete: “Caraca, Muleke!”, de Thiaguinho
      Novo hit: “Mais Ninguém”, da Banda do Mar
      Versão do ano:  “Homem”, versão de Alice Caymmi para composição de Caetano Veloso
      Melhor clipe: ”Vida Loka”, do Bonde do Rolê
      Música compartilhada: “Encarnado”, de Juçara Marçal
      Melhor álbum: “Banda do Mar”, da Banda do Mar
      Artista revelação: Boogarins
      Melhor show: Racionais MC’s
      Nova canção: “Sentimento”, de Mahmundi
      Melhor Clipe TVZ: Luan Santana

      Prestando homenagem aos anos 1990, o evento teve diversos shows. Artistas como Daniela Mercury, Dinho Ouro Preto e Zezé di Camargo e Luciano apresentaram músicas atuais e daquela década. Apresentações coletivas mostraram versões de clássicos do axé, do funk, do pagode, do rock e do sertanejo. Um trio formado por Lucas, da Fresno; Dinho Ouro Preto, do Capital Inicial; e Digão, dos Raimundos, contudo, fez a melhor performance da noite e entregou um tributo aos Mamonas Assassinas.