Notificações Amigos pendentes

      Cifra Club News

      Ex-baixista da Legião Urbana, Renato Rocha é encontrado morto

      23 de fevereiro de 2015 7:53 Por Laiza Kertscher

      Renato Rocha nos tempos da Legião

      O baixista Renato Rocha, que foi integrante da primeira formação da banda Legião Urbana, foi encontrado morto na manhã do último domingo (21). Negrete, como era conhecido, faleceu em um quarto de hotel no Guarujá, no litoral de São Paulo. De acordo com o Instituo Médico Legal (IML), ele morreu em decorrência de uma parada cardíaca.

      Segundo O Globo, o delegado de plantão, Caio Azevedo de Menezes, contou que o corpo foi descoberto por volta das 8h30, por uma amiga que acompanhava Renato, que estranhou quando ele não apareceu para tomar café da manhã no hotel. Acompanhada de funcionários do hotel, ela foi até o quarto. A polícia foi chamada quando o corpo foi encontrado. Ainda não há informações sobre local e horário do velório.

      A Polícia Militar fez uma varredura no quarto e não encontrou marcas de violência ou nenhum tipo de droga e bebida. Renato estava internado em uma clínica de reabilitação para dependentes químicos em Cotia, mas segundo sua amiga, ele podia sair nos finais de semana.

      Renato da Silva Rocha, também conhecido como Billy ou Negrete, tinha 53 anos e participou dos primeiros três discos da banda, ao lado de Renato Russo, Dado Villa-Lobos e Marcelo Bonfá, tocando com eles até 1989. Em 2012, foi encontrado morando nas ruas do Rio de Janeiro. Envolvido com drogas, ele aceitou fazer o tratamento de reabilitação, com apoio de familiares, amigos e fãs. No ano seguinte, ele participou do concerto Renato Russo Sinfônico, em Brasília, tocando e cantando em “Que País É Este” e “Será”, com outros convidados.